Foto: Honda Pop

Arrependido, livro, DR 800, fresado, técnicas etc

Foto: Honda Pop

Foto: Honda Pop

Outro dia escrevi na se‡Æo de “carta aos leitores” criticando, negativamente, a Honda POP. Ap¢s ter feito um test drive percebi que sua posi‡Æo de pilotagem ‚ melhor do que a BIZ, devido a altura do guidÆo e o seu peso de apenas 85Kg, e escutei v rias pessoas argumentaram a respeito da facilidade no pagamento e o valor da parcela. Segundo estes usu rios, o que est  em questÆo nÆo ‚ o aspecto visual. O que os levou a adquirir uma POP foi a parcela de R$149,00, em 50 meses e j  incluso o primeiro emplacamento. Com isso, eles nÆo necessitam gastar com transporte coletivo e em alguns casos ‚ mais barato a presta‡Æo e o combust¡vel do que o transporte coletivo, al‚m de estar adquirindo mais um bem para o seu patrim“nio.
Hermes – Mossor¢ – RN
S¢ nÆo esque‡a que R$ 149 x 50 = R$ 7.450 e depois de 4 anos o valor de revenda ser  bem menor. Mas o que importa ‚ a FACILIDADE de pagamento e, como vc explicou, o benef¡cio do transporte barato.

Livro
Parab‚ns Tite pelo livro! Muito bom mesmo, at‚ eu fiquei impressionado, porque eu nÆo sou muito chegado em ler, e devorei o livro rapidinho! Parab‚ns mesmo, e continue sempre com esse belo trabalho.
Alan – Aracaju – SE
Fico muito feliz ao ler seu depoimento, pois se UM leitor passou a gostar de livros por influˆncia do meu modesto livro j  me sinto totalmente recompensado. E para aqueles que gostaram do O Mundo  Uma Roda, recomendo a leitura de outros autores como Lu¡s Fernando Ver¡ssimo, JoÆo Ubaldo Ribeiro, Fernando Sabino e, claro, Geraldo Tite Simäes!

Foto: Suzuki DR 800

Foto: Suzuki DR 800

DR 800
Tio, quais sÆo as suas impressäes sobre a Dr 800?  boa pra estrada? Vibra muito como dizem, e se vibrar, atrapalha a viagem? Balan‡a em altas velocidades como a Xt 600e? Roda em estrada de terra (nÆo ‚ trilha)? Obrigado e assim que juntar uma grana, prometo que compro seu livro!
Didiz – Goiƒnia Go
1) Sim, vibra pra caramba! NÆo atrapalha a viagem, mas precisa de um pouco mais de paciˆncia 2) NÆo, ‚ muito est vel. 3) Sim, roda bem na terra e na lama, s¢ depende o pneu e de vocˆ! 4) Caraca, vc precisa “juntar” 30 reais?

Fresado
Tite, ap¢s haver sofrido uma queda com uma moto 125, ando agora com muito cuidado. Tenho uma Mirage e gostaria de saber a melhor maneira de andar nos trechos onde a prefeitura “fresa” o asfalto para uma nova recapagem. Acho que deveria ser obrigat¢rio um aviso de alerta.
Pedro – SÆo Paulo – SP
Boa pergunta! Em SÆo Paulo, algumas empreiteiras colocam placas avisando sobre o perigo. A melhor forma de passar pelo asfalto fresado ‚ reduzir a velocidade e nÆo fazer mudan‡as bruscas de trajet¢ria. Ah, mas se o pneu estiver gasto vc ter  a impressÆo de estar dan‡ando na chuva!

Educado
Parab‚ns ao Motonline pela quantidade e qualidade das informa‡äes prestadas ao motociclista brasileiro, tanto em rela‡Æo … motocicleta propriamente dita quanto ao universo que a envolve.
Wagner – Santa Maria, DF
Isso ‚ um leitor educado!

Orelhudo
Tite, depois de ler sua mat‚ria a respeito da conserva‡Æo das motocas, corri pra moto-pe‡as e troquei o pneu traseiro da tornado que tava quase igual a sua cabe‡a (hehehehe)! valeu o puxÆo de orelha.
Cl udio – Goiƒnia – GO
Mas que folgado!

CARTAS TCNICAS
Tio, qual a equivalˆncia entre cavalos e bhp? Como por exemplo na Hero Honda Glamour 125 i.e., que tem 9 bhp, quanto equivale em cavalos?
Tato – umuarama-pr
Ol  Tato, 1 CV equivale a 0,9863 HP. Portanto, 9 HP equivalem a 8,877 CV!

àleos
gostaria de saber a diferen‡a de se usar o “WD 40″ e um ¢leo de m quina. Em quais componentes devo usar o WD e em quais deve usar o ¢leo?
Agradecendo desde j  pela aten‡Æo dispensada, subscrevo-me.
Atenciosamente,
Massimiliano Rio de Janeiro – RJ
Cada um tem a suas vantagens e desvantagens, o fabricante especifica no manual de servi‡o da motocicleta o tipo de lubrificante que se deve aplicar em cada. Na pr tica os tipos de ¢leos conhecido como “WD 40″ sÆo uma mistura de querosene + ¢leo, ou seja, limpa, lubrifica e rapidamente seca! A utiliza‡Æo do ¢leo de m quina permite a lubrifica‡Æo por mais tempo, por‚m nÆo tem a mesma capacidade de penetra‡Æo na pe‡a que o “WD”.

XT 660
Gostaria de saber se convem pintar a sa¡da do escapamento, da XT660 , para evitar que ele, se deteriore, pois ele vai ficando com uma cor de barro e para limpar pode ocasionar o desgaste da espessura do tubo de aluminio, e consequentemente, tendo que troca-lo futuramente, isto ‚ real , ou lenda, tamb‚m gostaria de saber qual o momento para se trocar o ¢leo do motor, pois no manual do propriet rio, indica de 10.000 em 10.000KM, apos a primeira revisÆo.
Marcus – Juazeiro , Ba
Marcus, eu nÆo aconselho a pintar o escapamento da XT 660 pois ele ‚ car¡ssimo e se um dia vocˆ for vender a motocicleta ‚ prefer¡vel estar com todas as pe‡as originais. A Yamaha realmente recomenda a troca de ¢leo a cada 10.000 km ap¢s a 1¦ revisÆo. Eles seguiram as mesmas recomenda‡äes usadas na Europa e nÆo levaram em conta que as condi‡äes clim ticas e o combust¡vel do Brasil ‚ bem diferente, al‚m do mais, por se tratar de um motor monocil¡ndrico e alcan‡ar altas rota‡äes eu recomendo a troca de ¢leo a 5.000 km.

Gasolina
Tem como alguem alterar a kilometragem da fazer ou da twister, eu posso usar uma gasolina de boa qualidade sem ser aditivada na fazer sem probemas?
Tony – Salto de Pirapora SP
Existem empresas que trabalham com consertos de veloc¡metros e tamb‚m fazem altera‡Æo no hod“metro, cobrando em torno de R$ 140,00 para estas motocicletas. Fique ciente que a Yamaha recomenda o uso de gasolina aditivada. Por‚m sei que nÆo h  mal algum se utilizar gasolina comum de boa procedˆncia.

Escape
Coloquei um escape 2×1 na minha cb 400, s¢ que agora ela tem um “espa‡o morto” no conta giro, entre 2.500 e 3.000 giros ela simplesmente nÆo anda! se nÆo acelerar e capaz dela morrer! q q eu fa‡o para melhorar isso? ou nÆo tem jeito? ‚ provis¢rio, vou ficar com ele s¢ at‚ os novos chegarem, vou colocar a saida dupla de novo.
Juliano – Ita£na MG
Ao colocar um escape esportivo, vocˆ aumenta a vazÆo dos gases expelidos pelo motor, portanto, ‚ necess rio ajustar a carbura‡Æo, fazendo com que aumente a mistura ar/combust¡vel, visando deixar a mistura um pouco mais rica.

Cartas t‚cnicas respondidas por Biaggio Ferrari, instrutor t‚cnico, especial para Motonline.