Foto: Capacete atrapalhando no corredor - Bitenca

Atrito no corredor ou melhor, No Ritmo no corredor – Excesso de velocidade nem a moto aguenta.

Foto: Capacete atrapalhando no corredor - Bitenca

Foto: Capacete atrapalhando no corredor - Bitenca

Estou andando de moto em Sao Paulo ha 1 1/2 ano, passei exatamente pelo mesmo processo que o colega.Minha experiencia é a seguinte:
1. Nao mexi nos retrovisores. Sou gordo e se diminuir os retrovisores, so vou enxergar meus braços.
2. Continuo andando no meu ritmo nos corredores. Bitenca tem razão, 40km/h é uma velocidade que lhe permite reagir caso algum carro troque de faixa repentinamente, ou se um pedestre aparecer entre os carros. Em caso de acidente, as consequencias serão menores.
3. Com o tempo sua habilidade vai aumentar.Ceda passagem para os apressados quando houver uma brecha no transito, depoiis retorne ao corredor. Nao esqueça de sinalizar, porque frequentemente vão tentar te ultrapassar pela brecha.
4. Evito corredores como 23 de maio e radial leste em caso de chuva. Nesas condições ,acho que os riscos nao são gerenciaveis. Vou quebrando por ruas de menor velocidade. boa sorte Paulo, 50, São Paulo, SP.

R: Obrigado pelos comentários Paulo.


Bitenca tudo bom ? Amigo é o seguinte estava viajando na Dt tranquilo eu viajo nela a 110, 120km/h puxo 140, pegando retas até 160km/h de painel eu puxo nela sobrando pouco motor mas sobra para arriscar uma ultrapassagem ou coisa do tipo. A configuração da moto está:
Guidão Wirtz Fat Bar. Pneus Metzeler Enduro 3. Aros de aluminio. Rolamentos bons. Suspensão dianteira com molas mais duras e valvulas de controle de fluxo do oleo instaladas.
Nessas configurações a minha moto está boa ao meu ver. Voltando para casa nela encontrei uma turma de motos uma tornado e duas falcons, ai pegamos um trecho de muitas curvas em descidas,
então começamos a brincar, então numa bela curva eu liderando a fila a DT fez uma coisa que eu ja vi em SBK, Moto gp mas jamais em motos uso misto, ela começou um movimento pra lá e pra cá com o guidon que foi se intensificando, quando eu firmei o guidon que é um wirtz fat bar, o movimento aumentou drasticamente e passou por toda a moto e chegou até a trazeira ai nesse ponto eu ja tinha perdido os pés da pedaleira e a traseira dela pulava feito cabrita e o guidon seguia dizendo não em seu balançar pra la é pra cá, soltei o acelerador e dei uns toques no freio trazeiro ai consertou, mas perdi o traçado da curva legal fiz abertona na contramão. Não entendi o que houve.
Pesquisei na net muito vi um video com um ato similiar mas numa SS e os caras explicam que a roda traseira estava mais rapido que a dianteira.
Como é isso, o que realmente ocorreu ? Ronaldo, 26, Anápolis, GO.

Foto: Honda CBR 600 RR - Divulgação Honda

Foto: Honda CBR 600 RR - Divulgação Honda

R: Isso é em tom de brincadeira, Ronaldo. Imagine se a traseira corre mais que a dianteira, ele vai querer passar na frente, a moto vira ao contrário numa derrapagem controlada ou não.
No seu caso a segunda opção é a verdadeira.
O que aconteceu com você foi um processo de flexão no chassi que se inicia na frente da moto e em conjunto com a suspensão provoca uma ressonância que fica oscilando em ritmo crescente até lhe lançar para fora da moto. Seu instinto lhe salvou.
Se estiver em aceleração corte o gás, agarre bem o guidão e dê o toque no freio traseiro. Isso é uma boa medida, pois muda a combinação de forças em oscilação e na maioria das vezes interrompe o processo.
Isso tem vários nomes, mas nenhum em português: Shimmy, Tank slapper (tabefes no tanque) Wobble, speed wobble, e death wobble.
Como o último nome descreve pode ser uma situação extremamente perigosa. Abraços.

Obrigado pela resposta bitenca, mas oque pode causar isso ? os efeitos eu já sei, os sintomas também agora gostaria de saber qual a causa disso ? devo olhar alguma coisa para evitar ? ou isso ocorre ao acaso ?

R: Não Ronaldo, não ocorre por acaso. A 160 Km/h as forças são enormes e a coitadinha não tem estrutura para aguentar tanto stress, vai mais devagar. Algumas motos têm mais propensão a shimmy do que outras e ao que me consta a DT não é uma dessas. Portanto a causa só pode ser o excesso de velcidade mesmo.