Brasil terá 17 competidores no Rally Dakar

Brasil terá 17 competidores no Rally Dakar

Brasil terá 17 competidores no Rally Dakar

O Rally Dakar, maior competição off road do mundo, divulgou na manhã desta quarta-feira (05) sua lista de inscritos e mais detalhes sobre cada etapa. A prova, que acontecerá entre 03 e 17 de janeiro de 2009 na América do Sul, terá 17 competidores brasileiros dentre os 530 inscritos. A Equipe Petrobras Lubrax é a única a participar em três categorias simultaneamente: moto (Rodolpho Mattheis), carro (dupla Jean Azevedo/Youssef Haddad) e caminhão (André Azevedo/Maykel Justo/Mira Martinec).

No total, largando de Buenos Aires, serão 230 motos (6 do Brasil), 30 quadriciclos (1 do Brasil), 188 carros (4 do Brasil) e 82 caminhões (1 do Brasil), representando 49 nacionalidades distintas. “Pelo fato do Rally Dakar acontecer pela primeira vez em outro continente, isso facilitou para que ainda mais brasileiros participassem desta grande aventura. Para nós, que sempre lutamos pela divulgação do esporte, é ótimo”, afirmou Jean Azevedo, experiente piloto que soma 10 participações no Dakar em duas rodas. Esta será a sua estréia na categoria Carros com um Mitsubishi Pajero Full.

Dunas, muita areia, estradas de terra e montanhas farão parte do cenário da competição. A prova terá início na capital argentina, passará pelo Chile e retornará para Buenos Aires, somando 9.500 quilômetros, sendo 5.650 de especiais (trechos cronometrados).

Mudança – O famoso Rally Dakar mudou de continentes após o cancelamento de sua 30ª edição em janeiro deste ano. O motivo alegado na época foram as ameaças terroristas feitas diretamente à competição que teria oito de suas 15 etapas na Mauritânia. A Equipe Petrobras Lubrax já se encontrava na Europa quando foi anunciado o cancelamento da prova, um dia antes de seu início. “Conforme nossas previsões logo após o cancelamento do último Dakar a prova viria para o nosso continente, pois os terrenos aqui são bem propícios para a realização de uma competição como essa”, explicou André Azevedo, piloto do caminhão e primeiro sul-americano a conquistar o pódio do Dakar.

Confira abaixo os detalhes de cada dia:
Etapa 1 (sábado, 03 de janeiro) – Buenos Aires/Santa Rosa
Deslocamento: 196km;
Especial: 371km;
Deslocamento: 166km;
Total do dia: 733km.

Etapa 2 (domingo, 4 de janeiro) – Santa Rosa/Puerto Madryn
Especial: 237km;
Deslocamento: 600 km
Total do dia: 837 km

Etapa 3 (segunda-feira, 5 de janeiro) – Puerto Madryn/Jacobacci
Deslocamento: 70 km
Especial: 616 km
Deslocamento: 8 km
Total do dia: 694 km

Etapa 4 (terça-feira, 6 de janeiro) – Jacobacci / Neuquen
Deslocamento: 4 km
Especial: 459 km
Deslocamento: 25 km
Total do dia: 488 km

Etapa 5 (quarta-feira, 7 de janeiro) – Neuquen / San Rafael
Deslocamento: 173 km
Especial: 506 km
Deslocamento: 84 km
Total do dia: 763 km

Etapa 6 (quinta-feira, 8 de janeiro) – San Rafael / Mendoza
Deslocamento: 76 km
Especial: 395 km
Deslocamento: 154 km
Total do dia: 625 km

Etapa 7 (sexta-feira, 9 de janeiro) – Mendoza (ARG) / Valparaiso (CHL)
Deslocamento: 80 km
Especial: 419 km
Deslocamento: 317 km
Total: 816 km

Etapa 8 (domingo, 11 de janeiro) – Valparaiso / La Serena
Deslocamento: 245 km
Especial: 294 km
Deslocamento: 113 km
Total do dia: 652 km

Etapa 9 (segunda-feira, 12 de janeiro) – La Serena / Copiapo
Deslocamento: 88 km
Especial: 449 km
Total do dia: 537 km

Etapa 10 (quinta-feira, 13 de janeiro) – Copiapo / Copiapo
Deslocamento: 20 km
Especial: 666 km
Total: 686 km

Etapa 11 (quarta-feira, 14 de janeiro) – Copiapo / Fiambala
Deslocamento: 20 km
Especial: 215 km
Deslocamento: 445 km
Total do dia: 680 km

Etapa 12 (quinta-feira, 15 de janeiro)- Fiambala / La Rioja
Deslocamento: 4 km
Especial: 253 km
Deslocamento: 261 km
Total do dia: 518 km

Etapa 13 (sexta-feira, 16 de janeiro) – La Rioja / Cordoba
Deslocamento: 161 km
Especial: 545 km
Deslocamento: 47 km
Total do dia: 753 km

Etapa 14 (sábado, 17 de janeiro) – Cordoba / Buenos Aires
Deslocamento: 224 km
Especial: 227 km
Deslocamento: 341 km
Total do dia: 792 km

A Equipe Petrobras Lubrax tem patrocínio da Petrobras, Mitsubishi Motors do Brasil, Pirelli, e apoio da Mercedes-Benz Caminhões, YAMAHA, CCR/Nova Dutra, Renov, BorgWarner, Kaerre, Capacetes Bieffe, Sparco América Latina e Artfix.