A troca da ponteira implica na alteração do nível de ruído e das emissões

Como escolher um escapamento esportivo?

O leitor André Moraes quer saber o que levar em consideração para escolher um escapamento esportivo para sua Bandit 650.

A troca da ponteira implica na alteração do nível de ruído e das emissões

A troca da ponteira implica na alteração do nível de ruído e das emissões

Recentemente adquiri uma Suzuki Bandit 650 0 km e quero colocar um escapamento esportivo. Gostaria de saber como faço para fazer uma boa escolha, pois existem algumas opções nacionais (Roncar, Jeskap e WWR) ou importados (Yoshimura, Akrapovic, entre outros). O que devo analisar para fazer uma boa escolha? O preço serve de referência? Obrigado! Grande abraço. Acompanho há muitos anos o site e vocês estão de parabéns.

Veja a resposta do Bitenca.

O escapamento da sua moto se substituído por um esportivo vai aumentar a velocidade da saída dos gases do escapamento. A maioria deles causam este efeito. Há uma segunda função do escapamento esportivo que é mudar ou melhorar a frequência (relativa a uma rpm) de ressonância dos gases. Teoricamente esse fenômeno ocorre quando a rotação em que o fluxo pulsante de saída puxa os gases que estão na porta das válvulas de escape. Com a mudança, o escapamento esportivo vai alterar essa frequência. A troca também vai determinar se ela vai corresponder a uma rotação determinada, aumentado muito a potência nesse ponto, ou se será numa faixa mais ampla de rotação, aumentando menos naquela rotação, mas de forma distribuída nas rotações aproximadas.

Nos anos 60, nos motores dois tempos, começou a ser aplicada essa tecnologia em que o perfil do escapamento, como uma câmera de expansão, faz variar a pressão na porta de escape. Essa tecnologia fez com que esses motores aumentassem tanto seu desempenho que o regulamento das competições acabou por diferenciar a cilindrada de um motor dois tempos para um de quatro, quase equivalendo o motor 2t a um motor turbo por causa desse efeito. Nessa época um certo Yoshimura conseguiu formular cálculos que aplicaram essa tecnologia aos motores de quatro tempos também e fez muito sucesso nos anos 70, vendendo escapamentos esportivos para motos 4t. Hoje a maioria dos sistemas utilizam dessa técnica.

Sistema completo envolve ajuste no mapa da injeção eletrônica do motor

Sistema completo envolve ajuste no mapa da injeção eletrônica e da ignição do motor

Como os escapamentos originais acumulam a função de regular emissões e ajustar o nível de ruído, acabam por comprometer a maximização da potência. E os escapamentos esportivos chegam para cumprir essa missão.
Basicamente considere que se você substituir apenas a ponteira, o ganho vai ser mais na liberação da velocidade de saída dos gases do que numa “afinação” perfeita do efeito acústico que otimiza a exaustão dos gases queimados. Para isso você deverá trocar o sistema todo – coletor e ponteira – por um que atenda as suas especificações de curva de potência. Muitos informam esse ganho.

Com isso em mente, verifique qual opção é mais vantajosa para o seu caso. Se apenas a ponteira for sua escolha, ela vai alterar basicamente o ruído e um pouco de aceleração, refazendo o mapa de injeção. Porém, se você quer um escapamento que altere o motor como um todo, deve fazer a troca por um sistema importado e completo, muito mais caro e que demanda o remapeamento da injeção e ignição para um aproveitamento completo do sistema. Abraços. Bitenca

Para contato com  Cartas, clique aqui.