Depois de largar na terceira fila, sétima posição, o brasileiro não conseguiu tirar o melhor rendimento da sua moto e terminou a prova no décimo lugar

Eric Granado corre em Albacete e soma ponto

Depois de largar na terceira fila, sétima posição, o brasileiro não conseguiu tirar o melhor rendimento da sua moto e terminou a prova no décimo lugar

Depois de largar na terceira fila, sétima posição, o brasileiro não conseguiu tirar o melhor rendimento da sua moto e terminou a prova no décimo lugar

Quando a categoria 125GP do Campeonato Espanhol de Motovelocidade (CEV-Buckler) alinhou-se no grid de largada, no circuito de Albacete, às 12h30 (7h30 no horário de Brasília), os termômetros registram 40ºC. Na pista, a sensação térmica ultrapassava os 52ºC. Condições mais que adversas para a para a realização da quarta etapa da temporada. Apesar do calor e do tempo seco, mais uma vez – pela quarta vez em quatro corridas – o piloto brasileiro Eric Granado (#57), único representante do país no campeonato, conseguiu completar a corrida e somar mais seis pontos. Com o resultado, o jovem, de 15 anos, está em sexto na classificação geral, com 37 pontos, a dois pontos do quarto colocado, e segue firme no seu objetivo de chegar à elite da motovelocidade mundial: a Moto GP.

Ainda na semana passada, durante os treinos coletivos, Granado, da equipe MIR Racing, sabia que a corrida em Albacete não seria nada fácil. Enfrentando temperaturas elevadíssimas, o brasileiro viu seus pneus se desgastarem rapidamente e seu motor elevar a temperatura. Neste domingo, 10, não foi diferente. Depois de largar na terceira fila, sétima posição, o brasileiro não conseguiu tirar o melhor rendimento da sua moto e terminou a prova no décimo lugar. “Além disso, durante a corrida, cometi dois erros que acabaram comprometendo minha estratégia e colocação na corrida”, lamentou Granado.
 
O resultado, no entanto, deu a Eric mais seis pontos na tabela de classificação. Com isso, dois 28 pilotos do grid, o piloto #57 é um dos quatro pilotos que pontuaram em todas as etapas do CEV-Buckler este ano, juntamente com Alex Rins (#42), da Team Catalunya, Romano Fenati (#15), da Team Italia Gabrielli, Juanfran Guevara (#58), da Team Murcia Pramac.
 
A próxima etapa do CEV-Buckler, quinta da temporada, será só no dia 11 de setembro, também em Albacete. Eric Granado conta com patrocínios importantes: Banco Rural, Grupo Mammoet Irga, Mobil Lubrificantes, Alliance Investimentos, Capacetes Shark, Óculos Oakley, Macacões Arlen Ness, Rush Motorcycles, CPN-Natação, Luna Aerografia, TrendsMotos, SoulMoto e Alpinestars.
 
Resultado da 4ª etapa do CEV-Buckler (dez primeiros)
1 – #23 Alex Marquez / ESP/ Team Catalunya / 28:41.415
2 – #41 Francesco Bagnaia / ITA / Team Catalunya / +1.965
3 – #42 Alex Rins / ESP / Team Catalunya / +2.135
4 – #15 Romano Fenati/ ITA / Team Italia Gabrielli / +3.983
5 – #58 Juanfran Guevara / ESP / Team Murcia Pramac / +5.490
6 – #59 Niccolo Antonielli / ITA / Team Italia Gabrielli / +16.675
7 – #43 Jack Miller / AUS / RZT Racing / +19.273
8 – #20 Luca Amato / ALE / RZT Racing / +21.316
9 – #9 Jorge Navarro / ESP / Curvacero / +21.683
10 – #57 Eric Granado / BRA/ MIR Racing / +28.944
 
Classificação do CEV-Buckler (dez primeiros)
1 – #42 Alex Rins (ESP) – 86 pontos
2 – #23 Alex Marquez (ESP) – 70
3 – #15 Romano Fenati (ITA) – 55
4 – #9 Jorge Navarro (ESP) – 39
5 – #41 Francesco Bagnaia (ITA) – 38
6 – #57 Eric Granado (BRA) – 37
7 – #58 Juanfran Guevara (ESP) – 37
8 – #59 Niccolo Antoneli (ITA) – 27
9 – #95 Miroslav Popov (CZE) – 20
10 – #88 Massimo Parziani (ITA) – 17