Financiamentos contribuem para a boa performance das vendas no setor automotivo

Foi registrado um crescimento de cerca de 23,7% na carteira de financiamentos de
ve¡culos em novembro de 2006, em compara‡Æo ao acumulado de 2005

Consumidores brasileiros estÆo apostando nos financiamentos para aquisi‡Æo de ve¡culos, segundo levantamento da ANEF (Associa‡Æo Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras). O volume da carteira de financiamentos de autom¢veis atingiu a marca de R$ 62,7 bilhäes em novembro de 2006 contra cerca de R$ 50,6 bilhäes registrado no ano de 2005. O consumidor passou tamb‚m a optar por planos mais longos, cuja m‚dia atualmente gira ao redor de 34 e 36 meses.

“A gradativa queda da taxa de juros – que fechou o mˆs de novembro com m‚dia de 22,4% ao ano – a relativa estabilidade econ“mica e a grande oferta de cr‚dito para o setor impulsionaram uma libera‡Æo maior de recursos do Sistema Financeiro Nacional para financiamentos de autom¢veis, bem como uma maior seguran‡a do consumidor em optar por prazos de financiamento mais longos e com taxas pr‚-fixadas. Identificamos tamb‚m que o cliente est  financiando uma parcela maior do bem”, analisa Luiz Montenegro, presidente da ANEF.

Recursos liberados para financiamento

At‚ novembro de 2006, foram liberados pelo Sistema Financeiro Nacional mais de R$ 47 bilhäes para financiamento de autom¢veis, valor 26% superior ao mesmo per¡odo do ano passado, que registrou R$ 37,3 bilhäes. O ano de 2005 fechou com mais de R$ 41,9 bilhäes de recursos liberados para financiamento.

O setor automobil¡stico acompanha este bom desempenho, com mais de 2,4 milhäes de unidades produzidas no acumulado at‚ novembro de 2006. Este volume de produ‡Æo ‚ 4,2% maior do que o registrado em 2005. O mesmo ocorre com os licenciamentos, que subiram de 1,44 milhäes de unidades, para mais de 1,63 milhäes, um acr‚scimo de 13,1%.

Motocicletas
A produ‡Æo de motocicletas atingiu 1,34 milhÆo de unidades em novembro de 2006, crescendo 19,6% em rela‡Æo ao mesmo per¡odo do ano anterior. J  os licenciamentos apresentaram melhor desempenho no acumulado dos onze meses do ano passado. Foram 1,56 milhÆo de unidades licenciadas contra 915 mil motocicletas de 2005, sendo que os financiamentos representam cerca de 55% do total.