O ABS faz uma grande diferença, porque mantém a moto na trajetória

Frenagem com segurança se aprende na escola

Não importa o tamanho da moto, frear corretamente é decisivo para sua segurança

Não importa o tamanho da moto, frear corretamente é decisivo para sua segurança

Da mesma forma que existem diferentes estilos de pilotagem de motos, existem também estilos diversos para frear uma moto. Aí você pensa: “Como assim, frear é um ato quase instintivo, ninguém desenvolve um estilo para frear uma moto”! É verdade, não dá para pensar muito nisso e depois que se aprende, aquele ato fica carimbado na nossa mente e torna-se automático.

Bom, mas pense nestas possibilidades: Você pode frear só com o freio da roda dianteira, só com o freio da roda traseira, com os dois freios ou mesmo usar somente o freio motor, reduzindo marchas. E ainda, você pode frear e acelerar ao mesmo tempo – técnica muito comum nas competições – e em todas estas opções, ainda pode variar a quantidade de dedos que você utiliza para apertar o manete de freio – ou os manetes no caso de scooter. Viu só quantas “ofertas” para cada um compor seu estilo de frenagem?

Vamos ser práticos e diretos: o melhor estilo de frenagem é aquele que faz a moto parar no menor espaço possível sem travar as rodas nem desviar a moto da trajetória. Simples assim! Veja o vídeo:

Muitas escolas de pilotagem e instrutores especializados concordam que para frear com eficiência e segurança é preciso sensibilidade e o uso combinado dos três freios existentes em sua motocicleta: freio da roda dianteira, da roda traseira e o freio motor (para motores 4 tempos). É claro que estamos falando das frenagens críticas, aquelas realizadas em situações de emergência por uma circunstância inesperada. E nestes casos a frenagem é sim um ato instintivo, mas que cada um pode aprimorar sua reação com treinamento, conforme você pode ver no vídeo. Lembre-se que o ABS colabora na frenagem e isso deve ser levado em consideração no seu jeito de frear.

Há uma certa controvérsia quanto ao número de dedos que se usa no manete para a frenagem, mas é bem fácil de resolver isso. Há 4 opções, mas a melhor de todas é sempre aquela em que você consiga frear sem acelerar ao mesmo tempo. Acaba sendo pouco determinante com quantos dedos você aperta o manete, desde que você possa fazê-lo com firmeza e determinação e sem acelerar ao mesmo tempo. Como foi explicado, o principal é parar a moto no espaço disponível com segurança.

Escola de frenagem

Escola de frenagem

A frenagem de emergência é a mais perigosa e exige treinamento

Escola de frenagem

Escola de frenagem

A técnica para frenagem é a mesma, mas para scooter tem pequenas diferenças

Escola de frenagem

Escola de frenagem

O ABS faz uma grande diferença, porque mantém a moto na trajetória

Escola de frenagem

Escola de frenagem

Parar a moto no menor espaço disponível, sem derrapar ou sair da trajetória; este é o objetivo

Outro fator importante é a combinação dos três freios. Nos cursos de pilotagem defensiva os instrutores ensinam aos alunos para não ficarem com os dedos sobre o manete (ou manetes no casos dos scooter), porque em situações emergenciais o piloto poderá frear e acelerar ao mesmo tempo. O correto é fechar a mão nos punhos e, quando necessário, levar os dedos até o manete e, assim, a desaceleração é automática. Aí você vai perguntar: “Mas aí não leva mais tempo para iniciar a frenagem”? A micro-fração de tempo adicional tem efeito muito menor na frenagem do que frear com o acelerador ainda aberto, além do fato que o freio-motor atua também.

Não tenha medo de acionar os freios de forma decisiva, principalmente se sua moto tem ABS

Não tenha medo de acionar os freios de forma decisiva, principalmente se sua moto tem ABS

Alguns instrutores de pilotagem esportiva incentivam os alunos para que fiquem com um ou dois dedos sobre o manete para o controle de frenagens em entradas de curvas, aumentando a sensibilidade em retomadas de velocidade. E há ainda instrutores de pilotagem ofensiva, para pilotos treinados para perseguição e ações extremas, onde os alunos são treinados para manterem os dedos das duas mãos nos manetes de freio e embreagem, além do pé direito sobre o freio traseiro, tudo para ter completo controle da moto e conseguir desempenhar uma pilotagem como essas que vemos nos filmes de ação, controlando embreagem, freios e acelerador ao mesmo tempo (punta-taco), fazendo com a moto coisas que duvidamos ser possível.

E aí, já descobriu qual o melhor estilo para você?

Separador_motos



Carlos Amaral

Carlos Amaral - Instrutor de pilotagem defensiva certificado pela Honda, instrutor de trânsito do Detran-SP na especialidade Direção Defensiva, palestrante da Porto Seguro Cia de Seguros Gerais, blogueiro e diretor operacional da Carlos Amaral Motorcycle Training