harley-davidson-pan-america-1250_destaque

Harley-Davidson abre novos caminhos para crescimento

Anote aí: 100 novas motocicletas, 2 milhões de novos consumidores; 50% de crescimento dos negócios internacionais; 25% de ganho aos investidores e; crescer sem aumentar o impacto ambiental. Parece fácil? Não, realmente não será fácil para a Harley-Davidson cumprir este novo plano apresentado hoje (30/7) e que mostra a nova estratégia global da empresa para os próximos dez anos.

Veja o vídeo que resume esta nova estratégia da Harley-Davidson.

Denominado More Roads to Harley-Davidson – Mais Caminhos para a Harley Davidson, este novo plano parte da premissa que o mundo passa por uma rápida mudança e os consumidores possuem novas demandas e a empresa traça planos que dão mais precisão ao foco e ao investimento estratégico, cujo objetivo é revigorar os negócios nos EUA, acelerar o ritmo de crescimento internacional e, claro, dar lucro aos investidores.

Nova motocicleta pra novo segmento: Harley Davidson Panamerica 1250: HD bigtrail?

Nova motocicleta pra novo segmento: Harley Davidson Panamerica 1250: HD bigtrail?

“As ações ousadas que estamos anunciando hoje alavancam nossas capacidades e o poder de fogo competitivo da Harley Davidson através do desenvolvimento e fabricação de produtos, do apelo global da marca e, claro, com a nossa grande rede de concessionárias em todo o mundo”, disse Matt Levatich, CEO global da Harley-Davidson. O ousado plano e essa afirmação do principal executivo da empresa confirmam que é vital para a Harley Davidson rejuvenescer sua marca (e seus clientes) para chegar viva e saudável em 2027.

Tela com o resumo da apresentação do novo plano estratégico da Harley Davidson para os próximos 10 anos

Tela com o resumo da apresentação do novo plano estratégico da Harley-Davidson para os próximos 10 anos

Resumidamente, o plano More Roads to Harley Davidson mostra:

Novas motocicletas Harley Davidson

A empresa busca utilizar toda a sua ampla capacidade de design e produção para desenvolver e oferecer dentro de sua linha de motocicletas uma gama mais abrangente, com motos novas em novos segmentos, sobretudo os de maior volume e que permitam mais rápido crescimento, com amplo espectro de preços, fonte de energia e motores, capazes de oferecer outros estilos de pilotagem e atender necessidades de mercados globais. Os destaques incluem:

  • Novas motos Touring e Cruiser, mais avançadas tecnologicamente para manter os clientes atuais da Harley-Davidson;
  • Uma nova plataforma modular de motocicletas de 500 cc a 1250 cc, com espaço para motocicletas diferentes e quatro variações de motor, começando com a primeira moto Adventure Touring da empresa, a Harley Davidson Pan America™ 1250, um modelo 1250 cc Custom e um modelo 975 cc Streetfighter, todos com lançamento planejado a partir de 2020. Outras motos dentro da mesma linha virão até 2022;
  • Desenvolvimento de uma motocicleta mais acessível e de menor cilindrada (250 cc a 500 cc) para os mercados emergentes asiáticos, através de uma aliança estratégica planejada com um fabricante na Ásia. Esta nova moto servirá para impulsionar o acesso de clientes à marca Harley Davidson principalmente na Índia, além de outros mercados da Ásia;
  • Alcançar a liderança no mercado de motocicletas elétricas, com o lançamento da primeira Harley-Davidson elétrica, a LiveWire, em 2019 – a primeira em um portfólio amplo de veículos elétricos de duas rodas. A LiveWire será seguida por modelos adicionais até 2022, ampliando o portfólio com opções de produtos mais leves e menores.

    Levatich: promessa de mais lucros e dividendos

    Levatich: promessa de mais lucros e dividendos

Harley-Davidson mais acessível

No mundo globalizado e conectado, a Harley-Davidson expressa em seu plano a necessidade de se mostrar mais acessível aos consumidores, não apenas aos seus próprios, mas aos de outras marcas também. Por isso a empresa promete desenvolver uma nova plataforma com recursos digitais que permitirá:

  • Criação de experiências de engajamento para clientes em todos os canais de varejo para integrar e aprimorar a experiência dos clientes nas concessionárias, não apenas para clientes, mas principalmente para aqueles que ainda não são clientes Harley-Davidson, tudo através da experiência no site Harley-Davidson.com;
  • Estabelecer alianças estratégicas com fornecedores líderes globais de e-commerce para estender o acesso de um conjunto de milhões de novos clientes potenciais à Harley Davidson;
  • Implementar novos formatos de varejo, com vitrines urbanas menores em todo o mundo, para expor a marca a mais pessoas em todo o mundo e impulsionar as vendas do novo portfólio e ampliar a distribuição internacional de vestuário e acessórios.

Mais lucro… nas concessionárias e aos investidores

Com base nas experiências atuais de que os consumidores hoje decidem sua compra com base também (e principalmente) na experiência que ele tem na concessionária da marca, seja na compra ou no pós-vendas, o plano estratégico da Harley-Davidson inclui um importante trabalho com sua rede de concessionárias. Instituir padrões de desempenho e fazer acontecer em todas as áreas do negócio é decisivo para melhorar e manter a boa experiência do cliente.

E esse trabalho também se volta para o desenvolvimento da rede de concessionárias, porque uma loja movimentada – e rentável – torna-se importante ferramenta para que novos empreendedores sejam atraídos para a marca, aumentando e diversificando as opções para os clientes. E como arremate final, a parte financeira da empresa também será atendida para poder dar bom retorno aos investidores. Portanto, se tudo der certo, além de construir a nova geração de pilotos, a Harley-Davidson espera que o plano More Roads to Harley-Davidson melhore o ROI (retorno sobre o capital investido), aumente a receita e os lucros e permita que a empresa retorne mais dinheiro aos acionistas.

Esboço de mais um modelo elétrico na linha Livewire de motos elétricas

Esboço de mais um modelo elétrico na linha Livewire de motos elétricas

Segundo o plano divulgado pela Harley-Davidson apresentou uma previsão de investimentos operacionais de aproximadamente U$450 milhões até 2022 e um aporte de capital de U$ 225 milhões no mesmo prazo. Com isso, a diretoria executiva da empesa prevê que o More Roads to Harley Davidson irá gerar mais de U$ 1 bilhão de receita anual adicional em 2022, em comparação com 2017.

“Queremos fortalecer os negócios existentes, aprimorar a marca premium que somos e fazer investimentos em projetos lucrativos e orientados para o crescimento em uma operação mais eficiente em termos de custos. Acreditamos que este plano plano vai redefinir os limites da nossa marca, alcançando mais clientes e reforçando tudo o que defendemos como marca e como empresa”, finalizou Matt Levatich.

separador_harley



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.