Harley Davidson reassume controle de suas operações no Brasil

Harley Davidson reassume controle de suas operações no Brasil

A Harley Davidson anunciou a retomada do controle total de suas operações no Brasil após travar longa batalha judicial para quebrar o contrato de exclusividade que tinha com o Grupo Izzo, antigo representante da marca no país.

Com todo o peso e importância que a marca Harley-Davidson possui internacionalmente, os executivos da empresa apresentaram a linha de motocicletas 2011 com 13 modelos dentro de 5 famílias e anunciaram seus planos para resgatar a marca no Brasil. Foi mostrado também um vídeo com mensagens dos proprietários da marca – Willie G. e Billy Davidson especialmente gravadas para destacar a importância do mercado brasileiro para a Harley Davidson.

Mark van Genderen disse que o foco da Harley-Davidson Motor Company no Brasil é parte da estratégia de crescimento internacional da empresa. A companhia espera que as vendas de motocicletas fora dos Estados Unidos sejam superiores a 40% do total produzido em 2014. Para atingir este objetivo, a Harley-Davidson planeja nomear entre 100 e 150 novas concessionárias em todo o mundo até 2014.As Motos Harley Davidson 2011 da linha VRSC também serão fabricadas em Manaus

O primeiro passo da empresa será nas ações de pós-venda. “Só pudemos começar a agir a partir do dia 8 de fevereiro, quando finalmente foi assinado o acordo com o Grupo Izzo e agora vamos concentrar nossas ações no pós-venda para resolver todos os eventuais problemas de clientes”, explicou Longino Morawski, diretor comercial da HD. Longino fez questão de enfatizar: “Todos dentro da empresa estão com foco no cliente”.

Genderen informou que na primeira fase a marca concentrará esforços para recuperar a confiança do consumidor nos serviços e portanto a rede de distribuição será restaurada nas cidades onde já havia lojas. Em março se iniciará a abertura dessas lojas e a nova linha 2011 passará a ser vendida. “Em São Paulo e Belo Horizonte e estão temporariamente operando como centros de serviços. “Vamos nomear outras concessionárias nos próximos meses, com o objetivo de criar uma rede para cobrir o mercado brasileiro”, disse Mark.

Outra ação no mesmo sentido é a abertura de um centro de treinamento em São Paulo, localizado na nova sede da Harley-Davidson do Brasil, que será usado também para treinar técnicos de toda a América do Sul. A nova sede será na avenida Morumbi, em São Paulo (SP). Além disso, a Harley-Davidson também está abrindo um armazém de peças na região do Rodoanel para atender a rede de concessionárias de todo o Brasil e já iniciou a construção de uma nova fábrica em Manaus (AM) onde ampliará sua capacidade produção para até 20 mil motocicletas por ano. Esta nova fábrica deve entrar em operação até o final de 2014.

O top da linha Harley - Davidson a FLHT Ultra ClassicA empresa disponibiliza para contato, a quem tiver necessidade de serviços ou mais informações, o telefone 0800 724 1188 ou, ainda, o e-mail sac@harley-davidson.com.br. “Reiteramos nosso compromisso de manter os consumidores informados sobre cada passo do processo e lamentamos por qualquer inconveniência ocorrida durante essa fase de transição”, acrescenta Van Genderen.


Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.

Matéria relacionada: