Incêndio em museu destroi 650 motos na Inglaterra

Um incˆndio provocado por um cigarro mal apagado destruiu quase 650 motos, algumas delas pe‡as £nicas, da cole‡Æo do Museu Nacional da Motocicleta de Birmingham, informou a rede BBC.

O incˆndio aconteceu na noite passada, quando os funcion rios do museu preparavam-se para realizar uma conferˆncia no lugar. Ao perceberem as chamas, os funcion rios do museu ainda conseguiram salvar algumas das 900 motos que estavam expostas no local.

Mas de 120 bombeiros tentaram apagar o fogo, vis¡vel a quase 25 quil“metros, que destruiu quase 650 motos, avaliadas em 11,4 milhäes de euros (cerca de US$ 12,8 milhäes).

A cole‡Æo era um olhar retrospectivo sobre a hist¢ria da ind£stria de motocicletas no Reino Unido e segundo Neil Payne porta-voz do museu, alguns dos modelos mais admirados foram perdidos.

Payne, respons vel por competi‡äes e exposi‡äes organizadas pelo museu, comentou que esta foi “uma perda enorme”, embora tenha esperan‡a de que algumas das motos queimadas possam ser restauradas, para “ressurgirem das cinzas como uma ave fˆnix”.

O incˆndio afetou trˆs das cinco salas do museu e atingiu principalmente modelos lend rios de motos de estrada (BSA Gold Stars, Sunbeam Twins e DMW Hornets) e de corrida (Triumph). O propriet rio do museu, Roy Richards, come‡ou a colecionar motos na d‚cada de 1970 e inaugurou a galeria em 1984, com uma cole‡Æo inicial de 350 motocicletas.

Com os anos, a cole‡Æo se tornou uma das mais visitadas de sua categoria, atraindo cerca de 250 mil visitantes por ano.
Richards, que disse estar “destru¡do” e que qualificou o fato como “devastador, nÆo s¢ para mim, mas para o pa¡s inteiro”, disse que “35 anos de trabalho duro foram consumidos pelas chamas”.