Indústria De Motocicletas Apresenta Balanço De Fevereiro

Indústria De Motocicletas Apresenta Balanço De Fevereiro

Indústria De Motocicletas Apresenta Balanço De Fevereiro

O setor continua retraído apesar de 9,6% de incremento na produção

Conforme previsões anunciadas no final de 2008, após as reduções verificadas no primeiro mês do ano, a indústria brasileira de motocicletas apresentou leve crescimento na produção. Segundo dados da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – em fevereiro foram fabricadas 81.494 unidades, 9,6% a mais do que no mês anterior.

Apesar da diminuição de 4,6% sobre as vendas do mês de janeiro, que teve 21 dias úteis, em fevereiro foram vendidas 92.335 motocicletas, em 17 dias úteis. Quando comparados números da média diária de vendas, o crescimento de fevereiro sobre o mês anterior foi de 18%.

No entanto, no comparativo entre os meses de fevereiro de 2008 e 2009, a queda é de 42,1% nas vendas e de 51,5% na produção. “Os números registrados confirmam as previsões iniciais de um difícil trimestre para o setor, em meio ao cenário de crise financeira mundial e restrições ao crédito. Ainda sim, continuaremos reunindo esforços para viabilizar medidas que visem alavancar o crescimento para os próximos meses e alcançar o patamar dos anos anteriores”, afirma Paulo Shuiti Takeuchi, presidente da Abraciclo.

Exportações – As vendas para o mercado externo apresentaram aumento de 46% comparado aos números de janeiro. Porém, as 7.582 motocicletas exportadas representaram queda de 28,8% em relação às unidades comercializadas em fevereiro de 2008.