Corrida da GP 1000 bastante disputada neste domingo em Interlagos

Moto 1000 GP: Perluigi vence a GP 1000 em Interlagos

Os pilotos da categoria GP 1000 fizeram, neste domingo (22), uma das mais intensas disputas até agora no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. No final, a vitória foi do argentino Diego Pierluigi, piloto da JC Racing Team, lhe deu o vice-campeonato no Paulista de Motovelocidade, evento que acontece paralelo ao Campeonato Brasileiro. Na segunda colocação ficou o português Miguel Praia, da Center Moto Racing Team, seguido de Wesley Gutierrez, da HPN Racing By Target Race. Luciano Ribodino, da Alex Barros Racing, quinto colocado na corrida deste domingo, ficou com o título de campeão paulista, somando 58 pontos, contra 47 de Pierluigi e 32 pontos de Gutierrez.

Pódio da GP 1000 em Interlagos teve Diego Pierluigi em primeiro, seguido de Miguel Praia e Wesley Gutierrez

Pódio da GP 1000 em Interlagos teve Diego Pierluigi em primeiro, seguido de Miguel Praia e Wesley Gutierrez

Para o campeão da competição estadual, esse é um título que dá ânimo para a equipe na continuidade do certame nacional. “Um título é sempre importante. Não fiz uma boa corrida em Interlagos, tive problemas em manter os pneus até o fim, mas fiz os pontos necessários para ficar com o título. Isso é gratificante”, salientou Ribodino. Na somatória dos pontos na disputa nacional, Ribodino continua líder, com 104 pontos, seguido de Diego Faustino, com 62 e Wesley Gutierrez, com 61 pontos alcançados.

Largando na pole-position Ribodino não conseguiu manter a ponta. Ainda na primeira curva, Miguel Praia forçou e tomou a liderança. Ainda antes do fim da primeira volta, Diego Faustino, da Petronas Eurobike SBK Team, entraria na disputa pela primeira posição, acalorando ainda mais a vaga na liderança. Foi na 15ª volta, das 20 voltas da corrida, que Pierluigi, imprimindo um ritmo forte, conseguiria um pouco mais de folga na ponta para cruzar por primeiro a linha de chegada na categoria GP 1000. Um dos destaques da prova foi Ricieri Luvisoto, piloto da HPN Racing By Target Race, que largando da 12ª colocação, terminou a corrida no quarto lugar.

“Optamos em usar pneus de chuva, então o cuidado deveria ser grande. Acabei caindo três vezes nos treinos e minha meta para a corrida era não cair mais. Foi uma corrida de muito cuidado que no final, consegui manter o mesmo ritmo para alcançar a vitória. Estava ‘batendo na trave’, mas agora deu tudo certo”, sintetizou Pierluigi.

Corrida da GP 1000 bastante disputada neste domingo em Interlagos

Corrida da GP 1000 bastante disputada neste domingo em Interlagos

Pela primeira vez no pódio nesta temporada, Miguel Praia lembrou da força do campeonato nacional. “Esta etapa marca uma fase importante para nossa equipe. Estamos alcançando nosso objetivo que é andar na ponta. O campeonato brasileiro está muito equilibrado. Corri na Europa e não é por isso que cheguei aqui e consegui pódio. Isso mostra o nível que está essa competição”, lembrou Praia. O terceiro colocado no pódio levou o nome do Brasil entre os vencedores. Wesley Gutierrez, de Londrina, lembrou a importância de aprender com pilotos experientes. “Temos hoje no grid, escolas diferentes de pilotagem”, disse, se referindo ao argentino e ao português ao seu lado na premiação. “Isso traz um referencial e o crescimento da categoria”, finalizou.

Resultado final da corrida deste domingo (22) – categoria GP 1000:
1º)  Diego Pierluigi (ARG/JC Racing Team), Kawasaki, 15 voltas em 27mins20s420
2º)  Miguel Praia (POR/Center Moto Racing Team), Honda, a 2s787
3º)  Wesley Bertoni Gutierrez (PR/Motonil Motors-Alemão Pneus), Kawasaki, a 3s066
4º)  Ricieri Luvizotto (SP/Pro Rici Team), Suzuki, a 8s921
5º)  Luciano Ribodino (ARG/Alex Barros Racing), BMW, a 12s523
6º)  Danilo Lewis (SP/PRT-RC3 Racing), Kawasaki, 15s027
7º)  Alecsandre De Grandi (SP/Team De Grandi-Bardahl), Honda, a 34s395
8º)  Diego Faustino (PR/Petronas Eurobike Team), BMW, a 48s206
9º)  Bruno Silva (SP/Alpha Racing Team), Kawasaki, a 1min04s150
10º )Luis Fittipaldi (DF/Motonil Motors), Kawasaki, a 1min34s664
Melhor volta: Diego Pierluigi, na 12ª, 1min46s098, média de 146,20 km/h.

Classificação do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade após cinco etapas:
1°)  Luciano Ribodino, 104 pontos;
2°)  Diego Faustino, 62 pontos;
3°)  Wesley Gutierrez, 61 pontos;
4°)  Miguel Praia, 60 pontos;
5°)  Danilo Lewis, 56 pontos;
6°)  Diego Pierluigi, 55 pontos;
7°)  Alecsandre Grandi, 38 pontos;
8°)  Lucas Barros, 37 pontos;
9°)  Ricieri Luvizotto, 33 pontos;
10°)  Alex Barros, 27 pontos.