Foto: Anthony West, piloto Honda no Mundial de Supersport

Mundial de Superbike retorna à África do Sul

Foto: Anthony West, piloto Honda no Mundial de Supersport

Foto: Anthony West, piloto Honda no Mundial de Supersport

Depois de sete anos fora do circuito, Kyalami recebe novamente a disputa

Kyalami, na África do Sul, retorna ao Mundial de Superbike. Neste final de semana (16 e 17), o circuito recebe a sexta etapa da competição. A última vez que a disputa passou por Kyalami foi em 2002 e esta será a sexta vez que a pista recebe o evento. Os treinos começam já na sexta-feira.

O circuito de Kyalami, localizado nos arredores de Joanesburgo possui faixas mais lentas e retas curtas.

Anteriormente, a Honda venceu em três ocasiões no circuito sul-africano. Na pré-temporada, os pilotos passaram por testes no local que podem ser valiosos neste momento.

Leon Haslam, da Stiggy Racing Honda, quer melhorar ainda mais os resultados da tempora da, já que garantiu três pódios até agora. Ele é o quarto na temporada, com 103 pontos. “Não me qualifiquei bem em Monza, mas consegui avançar na corrida. Aguardo a prova em Kyalami. Já fiz alguns testes aqui em 2004, mas isso foi antes deles mudarem a pista. A maioria das equipes que fizeram testes aqui neste inverno saem com uma pequena vantagem, mas estou certo que posso participar da luta por um bom resultado.”

Ryuichi Kiyonari, da equipe Ten Kate Racing Honda, Jonathan Rea, da Hanspree Ten Kate Honda e o companheiro de equipe, Carlos Checa, testaram seus equipamentos em Kyalami. Rea é o oitavo colocado na classificação, Kyionari o décimo e Checa é o 12º. Depois de uma semana difícil em Monza, Tommy Hill, da Althea Honda, está trabalhando para subir na classificação. John Hopkins, da Stiggy Racing Honda, ainda segue em recuperação da queda sofrida em Assen.

Jonathan Rea segue empolgado pelos resultados de Monza. “Eu gostei de Monza. Sinto que a moto está próxima do que preciso. Toda a equipe tem trabalhado muito duro e merece uma recompensa. Estou em busca de um passo importante neste final de semana”, revelou.

Ryuichi Kiyonari se sente motivado por ter conseguido dois pódios na última etapa. “Quero mais em Kyalami esta semana. Sei que teremos de trabalhar mais agora. Gostei do circuito de Kyalami. Não fui tão rápido nos testes como gostaria, mas foi bom para conhecer o circuito. Espero que isso nos permita encontrar o ajuste certo.”

Carlos Checa afirma que precisa resolver alguns problemas com a moto para se sair bem. “Eu me senti um pouco frustrado em Monza, após um começo encorajador. Existem ainda alguns problemas para olhar. Tenho certeza que poderemos manter o ritmo. A trilha é bastante acidentada, mas é um circuito divertido para pilotagem e estou ansioso para voltar lá.”

Tommy Hill contou que tem alguns problemas com o combustível. “Tivemos problemas com combustíveis em Monza. Precisamos melhorara também alguns pontos do chassi para este final de semana”, contou.

Supersport – Eugene Laverty (Parkalgar Honda) é um forte segundo colocado na categoria Supersport. Depois de duas vitórias na temporada, o objetivo para Kyalami é claro: vencer novamente e tirar a diferença de 18 pontos para o líder Cal Crutchlow.

Kenan Sofuoglu, com uma vitória em 2009 na Austrália, está em terceiro lugar na categoria Supersport. Logo atrás está o campeão mundial Andrew Pitt. Os australianos Anthony West (Stiggy Racing Honda CBR600RR) e Mark Ait chison (Honda CBR600RR Althea) tiveram duras provas em Monza. Matthieu Lagrive (Honda CBR600RR Althea) também caiu na corrida em Monza, mas conseguiu terminar com o 16o lugar. Lagrive é agora 11º, com 25 pontos. Para eles, o momento é de recuperação.

Eugene Laverty está ansioso para sua primeira experiência em Kyalami. “Estou ansioso para minha primeira corrida lá. É um circuito novo para quase todos os pilotos. Teremos um treino extra na sexta-feira para aprender um pouco mais. Estou ansioso para a corrida e penso que poderemos nos sair bem”, planejou.

Kenan Sofuoglu pretende esquecer a etapa de Monza com um bom resultado nesta fase. “Foi uma etapa muito decepcionante. O acidente que tive no sábado não foi bom para minha confiança. Quando chegarmos à África teremos uma longa reunião para ver onde estavam os problemas. Tenho sorte de estar co m uma equipe muito profissional e juntos vamos em busca de resultados.”

Andrew Pitt também quer melhorar sua colocação. “Quinto lugar não era realmente o resultado que esperava em Monza. O circuito é muito acidentado e a aderência no pneu traseiro foi um problema durante os testes. Será um final de semana de trabalho duro, especialmente para começar a obter os resultados que precisamos.”

Anthony West tem uma grande expectativa para esta fase. “Estou totalmente focado na corrida na África do Sul. Teremos de trabalhar muito nas classificatórias. Espero que essa semana seja mais positiva do que a última e eu estou indo para obter um bom resultado.”