Os números de Valência

Os números de Valência

Os números de Valência

Todas as estatísticas e factos antes do Gran Premio Generali de la Comunitat Valenciana deste fim-de-semana, a 18ª e última jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2010.
Os números de Valência

1000 – A vitória de Jorge Lorenzo no Grande Prémio de Portugal foi o 1000º pódio por parte de um piloto espanhol em todas as classes a solo de Grandes Prémios desde o início do Campeonato do Mundo em 1949.

142 – Alex Baldolini tinha completado 142 Grandes Prémios antes do GP de Portugal, altura em que terminou no pódio pela primeira vez. Nunca na história dos Grandes Prémios um piloto se estreou entre os três primeiros depois de ter alinhado em tantos GPs.

100 – No GP de Valência, Tomoyoshi Koyama deverá fazer o seu 100º Grande Prémio. Koyama foi 16º na sua estreia como wild card de 125cc na corrida de Motegi em 2000 aos comandos de uma Yamaha. Ele participou em mais quatro provas como wild card nos anos que se seguiram, duas nas 250cc e duas nas 125cc. Desde que se tornou piloto de GPs a tempo inteiro em 2005 já competiu pela Honda, Malaguti, KTM, Loncin e Aprilia. A sua única vitória em Grandes Prémios surgiu na Catalunha em 2007 quando corrida pela KTM.

100 – Raffaele de Rosa vai fazer o 100º Grande Prémio em Valência. De Rosa estreou-se nos GPs como piloto de substituição na classe de 125cc no Grande Prémio de Inglaterra de 2004, antes de se tornar piloto a tempo inteiro na classe de 125cc em 2005. Após um total de 67 Grandes Prémios na classe mais baixa subiu para as 250cc em 2009 e depois para a Moto2 neste ano.

50 – Scott Redding prepara-se para fazer o seu 50º Grande Prémio em Valência. Redding será o mais novo piloto de sempre a conseguir alcançar tal marca, retirando o recorde ao novo Campeão do Mundo de MotoGP Jorge Lorenzo.

35 – Trinta e cinco vitórias em Grandes Prémios para a Espanha este ano é o maior número de triunfos para pilotos espanhóis alcançados numa única temporada de corridas. Se vencerem nas três categorias em Valência, os pilotos espanhóis poderão estabelecer um novo recorde de mais vitória de um único país numa época. O recorde é actualmente da Grã-Bretanha, com 37 vitórias alcançadas, na temporada de 1967.

26 – Pilotos espanhóis venceram as últimas 26 corridas de Grande Prémio de 125cc. O último vencedor não espanhol na categoria de 125cc foi Andrea Iannone no Grande Prémio Catalão, no ano passado. Esta é a mais longa sequência de vitórias em Grandes Prémios das 125cc de um país na história de 62 anos de corridas de Grandes Prémios.

19 – O piloto norueguês de 125cc, Sturla Fagerhaug irá celebrar o seu 19º aniversário no dia da qualificação para o Grande Prémio de Valência.

19 – O terceiro lugar de Bradley Smith no Grande Prémio de Portugal foi a 19ª vez que esteve no pódio da categoria de 125cc. Apenas dois pilotos britânicos têm mais pódios na categoria de 125cc: Bill Ivy com 22 e Phil Read com 21.

13 – A vitória de Marc Márquez no Grande Prémio português foi o 13º triunfo do ano para pilotos de Derbi na categoria de 125cc. Um vitória de um piloto da Derbi em Valência irá igualar o recorde de maior número de triunfos de uma fábrica na categoria de 125cc numa única época, marca também alcançada pela Aprilia em 2007 e 2009.

1 – No final do quarto ano das 800cc no MotoGP, Colin Edwards é o único piloto que competiu nas 70 corridas desde o início da temporada de 2007.