Foto: Tony Foale Motorcycle frame analysis software.

Projeto Super Naked

Foto: Tony Foale Motorcycle frame analysis software.

Foto: Tony Foale Motorcycle frame analysis software.

Estou encantado por motos supermotard e as supernakeds chamadas popularmente de “street figther” . Tenho uma CB 450 e estava pensando em um projeto para colocar balança c/ monochoque, susp dianteira upsidedown, rodas de CBR450 com pneu 160 / 17 na traseira e 120 na dianteira. Minha pergunta é, modificar o diametro das rodas de 19 para 17 afeta a capacidade da moto de viajar? Velocidade Final? Consumo? No que isso afetaria a moto como um todo? Recomendas uma nova relação? Agradeço. Rafael, 24, Rio de Janeiro, RJ.

R: Bem complicado esse seu projeto Rafael. Na verdade acho que você deveria fazer ou mandar fazer um chassi inteiro. Adaptar suspensão mono num chassi bi-shock é impossível. Toda estrutura deve ser diferente, inclusive na ancoragem do motor. Uma frente up-side-down é mais fácil, desde que você encontre uma compatível com o peso de sua moto, e mesas que favoreçam uma geometria também compatível. Mais fácil, mas ainda assim bem complicado, ainda mais se for trocar rodas. Devem ser compatíveis com o peso e geometria. Medida de trail e rake. (ângulo de caster) que permita uma boa dirigibilidade. Acho que o ideal é manter tudo igual à original. Faça as suas medições e monte um conjunto que repita os valores principais de distância entre eixos, trail, rake e centro de gravidade. Complicado não? Boa sorte.

Foto: Tony Foale Motorcycle frame analysis software.

Foto: Tony Foale Motorcycle frame analysis software.

O projeto foi feito, entregue hoje, seguindo padroes e medidas de peso e entre eixos da minha moto. Como por exemplo usando-se rodas de cbr 450, upside down feito sob medida para uma CB500 e uma balança com suspenção mono da cb 450 tb. Os pneus adotados por ele foram de medida 110 na frente e 150 na traseira. A única parte que não entrei em detalhes foi a fixação do mono choque no chassi. Como a adptação física ainda nao foi concertizada gostaria que me desse uma luz com referencia especificamente ao monochoque no meu antigo chassi. Como o angulo que a mola deve ficar e coisas do tipo. Agradeço. Rafael.

R: Bom Rafael, se você já tem as medidas básicas do seu chassi, procure em fotos de revista um sistema que ofereça a estrutura necessária para sua suspensão. Repare que há na parte posterior do motor desse tipo de chassi um quadrado que suporta pelas suas laterais o eixo da balança e na sua parte superior, uma travessa chamada torre do amortecedor, com um ponto para a sua fixação no centro.
Por baixo da balança fica o mecanismo do link com suas bieletas, normalmente hoje em dia em posição horizontal.
Um bom exemplo é o da GS 500 da Suzuki. Você pode até utilizar as suas peças e fazer seu chassi com o mesmo tipo de estrutura, com as barras laterais sob o tanque que suporta o rolamento da direção. Um berço duplo seria o ideal mas você vai ter que verificar se mantem um bom acesso para o motor, coisa que no caso da Suzuki fizeram a barra esquerda desmontável. Hoje esse método não é mais utilizado pois gera trincas em pontos de maior flexão do chassi. Use placas desmontáveis que soltem o motor pela sua frente e laterais para que ele possa virar e sair do quadro, nem que seja necessário retirar o cabeçote para isso.
Procure um bom aço carbono tipo HT 4130 ou melhor ainda cromo molibdênio (usa-se em bicicletas de competição, mas é bem caro) Raynolds série 520 para seu projeto. Desenhe, corte todas as peças e contrate um bom soldador TIG para fechar o quadro.

Boa sorte e mantenha-nos informados de seu projeto, muito interessante.

Boa noite bitenca!
Não sei se vc recorda que pedi conselhos a respeito do meu projeto de uma CB450. Bem mudei um pouco o projeto e já está em andamento.

A frente usada foi a de CB500, rodas de GS500 com 3.5″ (pneu 150)na traseira e 3.0″(pneu 110) na dianteira. Adotei o sistema de freio dianteiro de Kawasaki ninja ZX9 na dianteira e de CB 500 na traseira. Adotei uma balança de CB500 com bichoque ainda. Minha dúvida bitenca é sobre a largura maxima de pneu traseiro. Uma roda com 3.50″ aceitaria um pneu 160 de GSXF750? E outra coisa, em uso normal minha moto não fuma, funciona perfeitamente como uma sinfonia. Mas existem momentos que exigo muito dela andando constantemente com o motor cheio ou em calor muito intenso, e ela começa a fumar. Não fuma como uma CG prester a bater motor, mas é uma coisa perceptivel. Existe algo que vc possa me orientar a ver no motor? pois acredito não ser anel de segmento.

R: Não Rafael, o mínimo é 4.00″. A faixa de utilização desse pneu é em aros de 4.00 a 5.00 polegadas de largura, porém é conveniente usar o centro da faixa de utilização, que é 4.5″.
Quanto ao motor, a fumaça deve ser proveniente dos anéis sim, a única outra hipótese seria vazamento pelas guias de válvulas mas nesse caso apareceria mais fumaça no momento da partida do motor. Abraços,