Recall do Fox: antes tarde do que nunca

Por determina‡Æo do Minist‚rio da Justi‡a, Volkswagen deve convocar os propriet rios para readequar os ve¡culos e impedir outros acidentes.

O Departamento de Prote‡Æo e Defesa do Consumidor (DPDC) do Minist‚rio da Justi‡a divulgou nesta ter‡a, 2/4, em nota, que obrigou a Volkswagen fazer o recall do Fox para corrigir o sistema de rebatimento do banco traseiro do ve¡culo, causa de diversos acidentes graves. O chamamento deve ser direcionado aos propriet rios das versäes Fox, Cross Fox e Space Fox fabricadas a partir de 2003, o que representa 477 mil carros em circula‡Æo no pa¡s.

A decisÆo do DPDC demorou a vir, uma vez que desde fevereiro circulam not¡cias em toda a m¡dia sobre o perigo do dispositivo do autom¢vel, o que j  era investigado pelo ¢rgÆo desde 2003. Somente agora, por‚m, o DPDC obriga a montadora a anunciar o recall nos meios de comunica‡Æo e enviar cartas aos propriet rios, em conformidade com o C¢digo de Defesa do Consumidor (CDC). A montadora tem 10 dias, contados a partir de ontem, para responder ao ¢rgÆo se vai cumprir as determina‡äes.

Assim que soube da inseguran‡a no dispositivo do Fox, o Idec notificou a Volkswagen e cobrou que a empresa fizesse o chamamento para evitar outros acidentes. A montadora, por‚m, demonstrando profundo desrespeito pelo consumidor, negou a necessidade do recall, primeiro atribuindo a responsabilidade exclusivamente ao consumidor, ao apontar que a causa dos acidentes era a inobservƒncia do manual do propriet rio. Depois, limitou-se a oferecer a instala‡Æo de uma pe‡a adicional como medida de seguran‡a “aos propriet rios interessados”.

O Idec considera que, com esta medida, a Volksvagen promoveu o chamado “recall branco”, quando a empresa se exime da obriga‡Æo de anunciar o problema publicamente. A montadora at‚ agora foi negligente, pois o CDC pro¡be que seja colocado no mercado qualquer produto que ofere‡a risco ao consumidor e, em casos de risco inerente, determina que este seja eliminado por meio da informa‡Æo incisiva, o que nÆo foi feito pela empresa.

Ainda nesta ter‡a, a Volkswagen divulgou nota sobre a determina‡Æo do DPDC afirmando que, dentro do prazo estipulado, “apresentar  os resultados das novas avalia‡äes que far  sobre o caso”, sem especificar se vai fazer o chamamento. O Idec espera que a empresa, finalmente, cumpra sua obriga‡Æo e garanta a seguran‡a dos consumidores.

Enquanto a Volkswagen nÆo toma nenhuma iniciativa, o Idec recomenda aos propriet rios do Fox que entrem em contato com a montadora e pressionem para que ela cumpra o chamamento, assegurando a preven‡Æo de novos acidentes. Afinal, recall nÆo ‚ volunt rio, ‚ direito do consumidor.