SBK-Hodgson iguala recorde com vitória em Oschersleben

A corrida do £ltimo domingo, v lida pelo Campeonato Mundial de Superbike, reservou grandes emo‡äes para Neil Hodgson, piloto da equipe Shell-Ducati.

Neil venceu a primeira bateria da corrida de Oschersleben em Hamburgo, Alemanha e igualou a seqˆncia recorde de nove vit¢rias de Colin Edward, ap¢s travar  rdua batalha com Pierfrancesco Chili. O recorde s¢ nÆo foi superado porque, na segunda bateria, Hodgson nÆo conseguiu se impor a James Toseland- HM Plant Ducati e terminou a prova em segundo lugar.

Na primeira corrida, Hodgson conquistou a lideran‡a de Chili na nona volta e garantiu a vit¢ria apesar de sofrer constante pressÆo do italiano, que nunca esteve afastado mais de uma moto de distƒncia. “Eu nÆo tive um bom come‡o, mas felizmente a sorte esteve ao meu lado e, inclusive, impediu que eu sa¡sse junto com outros na primeira curva”, conta Neil.

Na segunda corrida, depois de brigar muito com Toseland no in¡cio da prova, Hodgson aguardou por uma chance at‚ o £ltimo momento, mas foi em vÆo. “Foi uma corrida dif¡cil. Eu esperei por um erro de James mas isso nÆo ocorreu”, disse Hodgson, que contou ainda que perseguiu Toseland o tempo todo, e sempre que estava prestes a ultrapass -lo aparecia algum retardat rio no caminho que o atrasava. “Eu queria muito ter batido o recorde de Colin, mas, enfim, nÆo se pode ganhar todas. De qualquer forma, James foi o melhor e mereceu a vit¢ria.”

O companheiro de equipe Ruben Xaus, que sofreu um acidente na d‚cima volta da primeira bateria, quando estava na terceira coloca‡Æo, conquistou o quinto lugar na segunda corrida. “Na primeira prova eu tive problemas com a dianteira da moto, que acabou caindo. J  na segunda bateria eu continuei com problemas na dianteira e nÆo consegui um resultado melhor do que a quinta coloca‡Æo”, lamentou Xaus, acrescentando, entretanto, que se dedicar  aos treinos para voltar a obter grandes resultados.