Vaga em condominio, Yamaha XT660R, Suzuki GSX-R1000

Vaga em condominio, Yamaha XT660R, Suzuki GSX-R1000

Vaga em condominio, Yamaha XT660R, Suzuki GSX-R1000

Olá, gosto muito do site, minha dúvida é um pouco inusitada, é sobre estacionamento em condomínios, a minha síndica disse que só pode
estacionar um veículo por vaga, disse que tá na lei e tal, pois bem gostaria de saber se poderia estacionar duas motos em uma garagem na qual há espaço para ambas, a minha síndica é muito rigorosa e segue a lei ao pé da letra, se a resposta for não, me pergunto se não poderia haver uma legislação específica para motos pois a lei diz que ambos são automóveis mas para mim a moto ocupa MUITO menos espaço. Lucas Santana, Recife – PE

R: Lucas poe inusitado nisso, mas estamos aqui para ajudar. Você faz da sua vaga o que você quiser desde que não cause danos ou incômodo, dentro do bom senso, é óbvio, aos demais condôminos. A vaga de garagem pode caber um único veículo, o que quer dizer em termos de espaço. A lei não pode ser traduzida para radicalidade. O Artigo 19, da Lei 4591/1964, determina: “Cada condômino tem o direito de usar e fruir, com exclusividade, de sua unidade autônoma, segundo suas conveniências e interêsses, condicionados, umas e outros às normas de boa vizinhança, e poderá usar as partes e coisas comuns de maneira a não causar dano ou incômodo aos demais condôminos ou moradores, nem obstáculo ou embaraço ao bom uso das mesmas partes por todos.” Portanto desde que você não ultrapasse os limites da sua vaga, você pode guardar suas duas motos.

Parabenizo o site pela qualidade excelente do seu conteúdo. Quanto ao assunto da minha mensagem, sou proprietário bastante zeloso de uma XT 660 R 2006 com 18.000km rodados, que nunca foi a terra nem a praia e gostaria de fazer saber na imprensa especializada que o bloco ótico do farol a XT 660 R simplesmente DERRETE, isso mesmo, o farol da XT 660 R DERRETE!!!. Inclusive temo por incêncio na minha moto. Já entrei em contato com a Yamaha e fui prontamente ignorado; dizem eles que como minha moto já está fora da garantia, não podem fazer nada.Acho isso um absurdo, pois esse é um problema recorrente nesta moto. RODRIGO CYSNEIROS -Nata, RN

R: A Yamaha por meio de sua assessoria de imprensa informou: “Pedimos, por favor, que o cliente encaminhe a motocicleta até o concessionário LFC Motos para uma nova verificação. Obrigado!”

Olá João Tadeu, gostaria de registrar o meu descontentamento com a Suzuki quanto à falta de profissionalismo na montagem das motos ZeroKm. Nesse ano adquiri uma GSXR-1000 e logo quando retirei a moto a caixa da direção estava com folga, fazendo um barulho e vibrando muito, tive que levar na concessionária por 2x até o aperto ficar correto, segundo mecanicos de concessionárias falam que isso é normal na montagem de fabrica… é “normal” vir com a caixa solta… o segundo problema que eu tive foi com o disco flutuante, ele dilatou e soltou totalmente o disco, fazendo um barulho literalmente de carroça velha, fora a falta de confiança que isso passa para o consumidor.. como é que eu vou andar em uma moto que ultrapassa os 300km/h que cujo freio dianteiro esta solto?? Outra vez foi levado à concessionária e novamente ouvi, “isso é normal ocorrer”… para uma moto de 60.000 reais, deve ser normal mesmo… pelo menos resolveram na garantia.. e agora, o absurdo maior, que me deixou revoltado com a Suzuki… Simplesmente vim trabalhar com a moto hoje quando um motoboy me avisa que a traseira estava solta… balancei um pouquinho e não é que estava TUDO SOLTO mesmo.. tava carenagem traseira, Banco do garupa, tudo solto.. simplesmente soltou o subchassi traseiro, se eu empurrar com a mão ela desmonta tudo e quebra tudo, e pensar que plena semana passada eu estava andando com a minha namorada na garupa.. E aí, se solta esse parafuso com a minha namorada atrás, numa rodovia, em alta
velocidade?? Estou indignado com a Suzuki João, nunca vi um absurdo desses, NUNCA!!.. eu poderia ter “Matado” a minha namorada em um simples passeio.. E agora, que confiança eu fico com a marca?? Qual será a próxima peça que vai soltar?? Será que eu posso andar com segurança numa moto montada nas coxas igual foi montada a minha?? A moto esta com 8700kms, e foram feitas todas as revisão na concessionária, de 1000, 3000, 6000 e agora será a de 9000.. Simplesmente um absurdo!! Gostaria que todos se atentassem ao assunto, isso é uma tremenda falta de irresponsabilidade e desrespeito ao consumidor!!

R: Vagner está registrado, mas aguardamos mais dados para enviar a J.Toledo. No entanto, cabe salientar que a motocicleta não sai completamente montada de fábrica, restando a concessionária a montagem final e a obrigação de fazer um check-list antes de efetuar a entrega da motocicleta ao cliente, no seu caso, me parece muito claro que é falta de qualidade da concessionária.

Grande abraço e lembre-se: use equipamento