Rest1980_KawaPolice

A onda agora é restaurar – décadas de 1980 e 1990

Se você não leu a primeira parte desta matéria,  clique aqui

A décadas de 1980 e 1990 foram pródigas para o lançamento de uma enxurrada de novos modelos. Incentivados pela ainda vigente proibição de importações, as montadoras nacionais se empenharam em oferecer aos consumidores brasileiros várias opções de modelos para usufruir da demanda reprimida no mercado das duas rodas.

A Honda CG é fabricada desde 1976 e já está na sua 8ª geração

A Honda CG é fabricada desde 1976 e já está na 8ª geração

Com esse crescimento da produção de motos, a indústria de motopeças acompanhou essa explosão de demanda, instalando-se no entorno dos grandes centros de produção – como Manaus – gerando emprego e riqueza para o país. Honda e Yamaha foram a marcas que mais modelos lançaram nestas décadas.

Veja quais são os modelos mais procurados de cada marca por restauradores:

As trail colecionáveis da Honda

As trail colecionáveis da Honda

A CB 400 foi um marco na indústria brasileira de motocicletas

A CB 400 foi um marco na indústria motociclística brasileira

Honda – modelos mais colecionáveis
– CG 125 (1976 a 1999 – 4 gerações);
– XL 250R ( 1990 a 1994);
– XLX 350 (1987 a 1991);
– NX 350 Sahara (1990 a 1999);
– NX4 Falcon (1999 a 2008);
– CB 400 (1980 a 1984);
– CB 450 TR (1985 a 1997)
– CB 450 DX (1998 a 2004 e 2006);
– CBR 450SR (1989 a 1994) e
– CB 750 Indy (1990 a 1995).

A família 180 da Yamaha

A família 180 da Yamaha

As cobiçadíssimas trail de 600cc

As cobiçadíssimas trail de 600cc da Yamaha

RD 350 LC, a mais procurada das Yamaha da década de 1980

RD 350 LC nacional, a mais procurada das Yamaha da década de 1980

Yamaha – modelos mais colecionáveis
– RDZ 135 (1982 A 1999);
– RX 180 (1980 a 1984);
– DT 180 (1981 a 1997);
– DT 200R (1994 a 2000);
– Virago XV 250 (1988 a 2002);
– XT 600E (1993 a 2005);
– XT 600Z Ténéré (1990 a 1993)
– RD 350 LC (1980 a 1993) e
– XTZ 750 Super Ténéré importada (1989 a 1997).

Os modelos mais procurados da Suzuki

Os modelos mais procurados da Suzuki

Suzuki – modelos mais colecionáveis
– DR 650 – importada ( 1993 a 1999);
– DR 800- importada (1990 a 1997);
– Intruder 800- importada ( 1995 a 2005);
– Freewind XF 650 (1998 a 2003).

Outras marcas
Marcas como Harley-Davidson, BMW, Triumph, Kawasaki, Piaggio (Vespa), Caloi e Monark (Mobilete), e outras mais raras, também oferecem modelos colecionáveis, produzidos nas décadas de 1980 e 1990.

Não importa o ano, as Harley-Davidson são sempre desejadas por restauradores

Não importa o ano, as Harley-Davidson são sempre desejadas por restauradores

Restaurar uma clássica é um ato de amor, que exige empenho, dedicação e muito capricho. Quem restaura quer que a moto fique como nova. Uma restauração feita sem esmero vai estragar todo o trabalho e ela, a moto, nunca chegará a ter o status de relíquia, apta a receber uma placa preta.

O trabalho começa na procura do modelo escolhido para ser restaurado – achar alguma moto escondida por anos em uma garagem é o prêmio máximo de um restaurador. Depois vem o trabalho de garimpar peças em lojas que trabalhem com peças de clássicas, ferros velhos e desmanches espalhados pelo país e até mesmo no exterior – a internet possibilita pesquisar no mundo todo.

A peregrinação nas lojas de peças usadas e ...

A peregrinação nas lojas de peças usadas e …

VLUU L100, M100  / Samsung L100, M100

… nos ferros velhos de motocicletas vai virar rotina, mas uma rotina prazerosa

Quando o modelo da moto é nacional, a procura por peças fica mais complicada pela indisponibilidade de peças antigas no mercado. Fatalmente haverá procura por peças originais guardadas por alguém que esteja disposto a vendê-las. Quando a moto é mundial, as peças estão disponíveis em vários países e isso possibilita encontrar, pela internet, peças originais ainda na caixa. Como exemplo: é mais fácil achar peças para a CB 750F importada, presentes em mercados no mundo todo, do que para a CBX 750F Indy, que foi comercializada apenas no Brasil.

Portanto, se você pretende restaurar uma motocicleta, faça isso com paixão e preparado com tempo e recursos financeiros suficientes para a empreitada. E no final, mande-nos as fotos e a história de todo o processo, desde o início. Teremos o maior prazer em divulgar a sua conquista.

Veja o processo de restauração de uma Yamaha XTZ 750 Super Ténéré, feito pelo motonliner italiano Andrea Toscani, que culminou na criação de uma obra de arte:  clique aqui

Separador_motos



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.