Alexandre Barros- “A dor no ombro é quase insuportável”

“Se os meus tempos tˆm melhorado ‚ porque a moto est  ficando cada vez melhor; o problema est  todo comigo: a dor que eu sinto no ombro ‚ quase insuport vel.”

“Os m‚dicos me aplicaram uma infiltra‡Æo, mas ainda assim a dor persiste. Estou tentando descansar e relaxar ap¢s cada treino, mas nÆo tem sido nada f cil. Agora, por exemplo, eu nÆo estou conseguindo nem levantar o bra‡o. Com um m¡nimo de esfor‡o no bra‡o a dor j  vem. Na segunda-feira vou consultar os m‚dicos que operaram a minha mÆo, l  em Barcelona, para saber qual o melhor tratamento para esse tipo de problema. No domingo vou fazer o poss¡vel para tentar marcar alguns pontos, mas nÆo sei se vai dar para agentar at‚ o final da corrida”, comentou Alex ap¢s o primeiro dia de treinos.

A forte dor que Alexandre Barros est  sentindo no ombro nÆo est  diretamente ligada ao acidente sofrido no warm up do GP da GrÆ-Bretanha. O piloto j  tem esse problema h  alguns anos e se agrava a cada vez que se acidenta.  causada por uma tendinite surgida, segundo os m‚dicos, pelo esfor‡o repetitivo e m  postura. At‚ o ano passado essa dor permanecia por dois ou trˆs dias e entÆo desaparecia por completo. Agora a situa‡Æo se agravou: desde o dia do acidente em Donington, doze dias atr s, a dor permanece e com uma intensidade bem maior do que no passado.