Largada da MX2 na 4ª etapa do Arena Cross em Goiânia

Arena Cross: show de público em Goiânia

As mais de sete mil pessoas que lotaram neste sábado (7) as dependências da área de eventos do Flamboyant Shopping Center, em Goiânia (GO), palco da 3ª etapa do Arena Cross, viram um espetáculo de ultrapassagens e disputas de tirar o fôlego nas cinco categorias. Dois estrangeiros, Adam Chatfield (Inglaterra), na MX Pró, e Paulo Alberto (Portugal), na MX2, mostraram competência ao conquistar a prova e continuam sendo os destaques da competição.

Largada da MX2 na 3ª etapa do Arena Cross em Goiânia - foto de César Araújo

Largada da MX2 na 3ª etapa do Arena Cross em Goiânia - foto de César Araújo

As baterias das categorias infanto-juvenis também levantaram os torcedores nas arquibancadas. Apesar do apoio aos pilotos goianos, o público prestigiou os vitoriosos da noite: o gaúcho Enzo Lopes, na Júnior, o paranaense Leonardo Nunes, na 65cc, e o paulista Diogo Nascimento, na 50cc, que saíram do Centro-Oeste com a liderança do campeonato.

Veja como foram as corridas:

1ª bateria MX Pró – A corrida teve início com o holeshot (chegar antes à primeira curva) de Joaquim Rodrigues. Na cola do português estavam Wellington Garcia e Carlos Campano. Ainda nas primeiras voltas, Campano tocou em Joaquim, na entrada das costelas, e caiu, cedendo várias posições. Em prova de recuperação, o espanhol acabou em quarto.

Joaquim perseguia o goiano, primeiro colocado. Foi então que o português conseguiu a ultrapassagem. Mas a dianteira permaneceu poucas voltas com ele, pois Adam Chatfield, em ritmo mais rápido, assumiu o posto. O inglês assegurou a primeira colocação e não largou mais. Joaquim finalizou em segundo, seguido de Cristopher “Pipo” Castro, que fez ótima corrida. Humberto Martin foi o quinto e Wellington Garcia o sexto.

2ª bateria MX Pró – Novo holeshot de Joaquim Rodrigues, Porém, seu companheiro de equipe, Wellington Garcia, logo o ultrapassou e foi para liderança. O goiano perdeu ritmo e caiu para quarto. Algumas voltas depois, Carlos Campano assumiu a ponta após ultrapassagem sobre Joaquim. O espanhol venceu, seguido do português. “Fui fechado na primeira bateria pelo Joaquim e acabei caindo. Mantive-me tranquilo e consegui a vitória na segunda prova”, afirma Campano, vice-líder do Arena Cross com 101 pontos. Pipo Castro, que era o terceiro, se chocou com Wellington na saída de uma curva e ambos foram para o chão. Wellington ainda finalizou em quinto e o catarinense em sexto.

Adam Chatfield na categoria MX Pró no Arena Cross 2013 - foto de Idário Café

AAdam Chatfield na categoria MX Pró no Arena Cross 2013 - foto de Idário Café

Adam venceu a disputa pela terceira colocação com Humberto Martin na penúltima volta e garantiu a vitória na etapa pelo somatório de pontos. “Não tive duas boas largadas e precisei me recuperar. Na primeira consegui, mas na segunda ficou um pouco mais complicado. A etapa foi boa, pois venci e sigo na liderança”, afirma Adam, com 103 pontos na classificação geral.

MX2 – Paulo Alberto venceu mais uma e disparou na liderança com 60 pontos. A primeira colocação na prova veio após a primeira curva, quando Endrews Armstrong, que havia feito o holeshot, foi para fora da pista. O português superou Anderson Cidade na sequência de saltos e pulou para a ponta. Assim, abriu mais de dez segundos e venceu com folga. “Consegui o primeiro lugar e conquistei uma boa vantagem na corrida. Foi mais uma vitória importante, pois estou focado no título”, coloca Paulo.

Já a briga pelo segundo lugar foi bem mais intensa. Anderson ocupava a posição quando Hector Assunção se aproximou. Paciente, Hector seguiu em ritmo forte e venceu o duelo com o concorrente. Thales Vilardi completou em quarto, seguido de Marçal Muller.

Júnior – Enzo Lopes fez o holeshot e caminhou livre para vitória. O goiano Kioman Munoz, que fazia bela prova em segundo, sofreu uma queda e se desconcentrou. O resultado foi um quarto lugar. Leonardo de Souza aproveitou o erro do rival e finalizou em segundo, seguido do norte-americano Ramyller Alves. “Fiz uma prova segura. Não tive muita sorte no ano passado, mas agora estou bem. Preciso manter o foco para ser campeão”, analisa Enzo, líder da Júnior com 55 pontos.

Categoria 65cc – Vitória com muito trabalho de Leonardo Nunes, seguido de Leonardo Cassaroti e em terceiro, Renan dos Santos. Leonardo Nunes agora é o primeiro na classificação geral com 52 pontos.

Categoria 50cc: Depois de boa largada, Diogo Nascimento venceu, seguido de Gabriel Andrigo e Marcellinho Silva. O resultado coloca Diogo na primeira colocação com 57 pontos.

Arena Cross 2013 entra na reta final com a 4ª e penúltima etapa em Recife (PE), no dia 5 de outubro.