Guilherme Cascaes confirma o 4º lugar no Enduro das Cachoeiras

Cascaes mantém liderança do Brasileiro de Enduro de Regularidade

O catarinense Guilherme Cascaes manteve a liderança do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade após a 17ª edição do Enduro das Cachoeiras. O evento válido como quinta e sexta etapas do campeonato foi realizado neste final de semana em União da Vitória (PR), e o piloto confirmou o quarto lugar entre as motocicletas.

Guilherme Cascaes confirma o 4º lugar no Enduro das Cachoeiras

Guilherme Cascaes confirma o 4º lugar no Enduro das Cachoeiras

Com o resultado, o atual bicampeão nacional da modalidade soma 11 pontos de vantagem sobre o segundo colocado na classificação geral do Brasileiro na categoria Master. A posição de vice-líder, antes de Rodrigo Amaral, agora é de Emerson Loth “Bombadinho”.

“Não foi o resultado que eu buscava no Enduro das Cachoeiras, mas consegui manter a liderança, o que é muito importante”, comentou Cascaes.

Ele precisou ter bastante cautela no Paraná. “A prova foi pesada, com terreno liso e médias justas. Estava muito fácil de cair, por isso optei por não arriscar tanto”, concluiu o piloto.

Cascaes foi o terceiro colocado na etapa de sábado e, neste domingo, o quarto. A prova teve aproximadamente 340 quilômetros de desafios no total.

Mundo Press – foto de Josy Camargo

* * * * *

Emerson Loth vence o Enduro das Cachoeiras no Brasileiro de Enduro de Regularidade
Piloto paranaense subiu mais uma posição na tabela após a vitória

Emerson Loth está cada vez mais próximo de alcançar seu objetivo no Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade. Neste fim de semana ele venceu o Enduro das Cachoeiras, válido pela quinta e sexta etapas do nacional, subindo da terceira para a segunda posição na classificação da categoria Master. O evento foi realizado nas cidades de União da Vitória (PR) e Porto União (SC).

Emerson Loth, em segundo, a 11 pontos do Líder Cascaes

Emerson Loth, em segundo, a 11 pontos do Líder Cascaes

Emerson Loth, o Bombadinho fez provas de superação nos dois dias. No sábado, o piloto andou mais de 100 quilômetros sem o freio traseiro, pois arrancou o pedal ao bater em uma pedra aos 14 minutos de corrida. A chuva colocou ainda mais em risco o competidor paranaense, mas ele soube administrar a situação, vencendo a primeira disputa em meio a lama e trilhas bastante técnicas.

Já no domingo, foi um buraco que atrapalhou seu desempenho. Bombadinho caiu e não conseguiu tirar a moto da cratera, até que um adversário parou para ajudá-lo. O atleta correu atrás do prejuízo e já no final, em um trecho de alta, conseguiu recuperar um pouco o tempo perdido, terminando em terceiro. O resultado foi suficiente para garantir o primeiro lugar geral na somatória.

“Estou realmente feliz com o que venho conquistando. Tive dificuldades em todas as provas desta temporada, mesmo assim, estou em uma posição excelente na tabela. Falta muito pouco para eu alcançar a liderança, uns oito ou nove pontos (são 11 pontos). Vou continuar trabalhando duro para cumprir minha meta já no próximo desafio, que acontece no início do mês que vem, na Bahia”, explica. Esta é a primeira vez que o piloto de 28 anos tem a oportunidade de disputar toda uma temporada da competição.

Fonte: Imprensa Pro Tork – foto de divulgação