CB 400, Multa viseira levantada, Iluminação

Caro André, li a alguns dias uma reportagem sobre uma série especial da CB 400, A CB 440 projeto H, que era montada por uma concessionária de SP. O que me chamou a atenção foi que essa moto contava com uma balança traseira em alumínio que aumentava seu entre eixos e melhorava a estabilidade.Gostaria de saber se esta balança era construída especialmente para o modelo ou retirada de outra moto. Seria possível adaptar uma balança de outra moto, sem grandes alterações e conservando o sistema bi-choque (o da CB 500 por exemplo)? Francisco -Dois Irmãos – RS

R: Francisco, como seu caso é técnico, encaminhei ao Bittenca que responde: “A Projeto H fazia várias modificações interessantes nas motos nos anos 80. Eles fizeram a importação de peças especiais para competição da marca Mugen, hoje alterada para a marca HRC. Tive contato com essa empresa na época, mais específicamente em preparações para corridas off-road. Colocavamos o kit Mugen de 305cc nas XL250 que ficava muito bom e essa CB440 provavelmente levava um kit da mesma marca. O alongamento da balança traseira, provoca maior distância entre eixos e isso proporciona maior estabilidade em altas velocidades, em detrimento à rapidez de manobras em baixa. Essa modificaação é muito utilizada em preparação de motos para arrancadas e subida de montanha porque também evita que a moto empine muito facilmente. Como paliativo contra torções do chassis em curvas de alta pode ser usado também mas juntamente com outras alterações até mais apropriadas nas suspensões e geometria da moto. Para a adaptação de uma balança de outra moto, há que se verificar o sistema de buchas e encontrar uma com as dimensões que sejam compatíveis com a original, eu acho mais razoável o alongamento da balança original que pode ser feiro com a adição de uma pequena peça na forquilha onde se prende o eixo traseiro, de forma que esse fique recuado em até 20mm, depois disso deve-se ajustar a suspensão de modo a compensar a mudança. Se alongar mais que isso pode haver consequências mais graves para uma condução normal, diminuindo muito o raio de curvatura para o trânsito. Abraços, Bitenca”

gostaria de saber sobre viseira levantada , qual a multa aplicada , pontuação e se tem como recorrer … des de ja agradeço … Jaqueline -Praia Grande – SP

R: Jaqueline a multa aplicada é do artigo 244 do CTB: Infração – gravíssima; Penalidade – multa e suspensão do direito de dirigir; Medida administrativa – Recolhimento do documento de habilitação. Quanto ao Recurso é possível, devendo juntar cópia da CNH, da Multa e o requerimento de defesa.Se for defendida por advogado, é necessário procuração.

Andre, sem tomar muito tempo, tentando ajudar o “Everton Augusto Demarchi, Santa Bárbara d Oeste” com a dúvida com a lâmpada do farol, mandei um email pro Bitenca falando sobre o assunto e como resolvi: Coloquei na minha Twister uma lâmpada da Philips, “Eagle vision” se não me engano é esse o nome, ilumina muito bem, mantendo a mesma configuração original 35/35W, valeu o investimento. Mas cuidado, antes comprei uma marca genérica que prometia muito e não iluminava nada, só deixava um reflexo azul que não ajudava muito.Essa lâmpada ilumina muito bem com uma luz branca e o farol fica com um reflexo laranja que se destaca. Eu recomendo, faz diferença na noite. Espero ter ajudado e não atrapalhado. Abraço – Rafael – Porto Alegre – RS

R: Obrigado. Nunca atrapalha.

abraço a todos e não esqueçam: Não há razão, quando se ganha uma lesão. Ande equipado.