Foto: Theo Ribeiro/www.webventure.com.br - Marc Coma superou José Hélio no segundo dia de prova

Coma vence nas motos e Nahas se mantém à frente entre os quadris

Foto: Theo Ribeiro/www.webventure.com.br - Marc Coma superou José Hélio no segundo dia de prova

Foto: Theo Ribeiro/www.webventure.com.br - Marc Coma superou José Hélio no segundo dia de prova

O segundo dia de provas do 18º Rally Internacional dos Sertões foi disputado nesta quinta-feira (12/08) e ligou as cidades de Caldas Novas (GO) a Unaí (MG), totalizando 445 quilômetros de percurso, sendo 214 de trechos cronometrados. Com piso variado e trechos em que os competidores puderam impor um forte ritmo, o espanhol Marc Coma completou a etapa com o melhor tempo nas motos, seguido pelos brasileiros José Hélio e Deni dos Nascimento. Nos quadris, o brasileiro Robert Nahas foi novamente o mais veloz, seguido por Francinei Costa e pelo polonês Rafal Sonik.

Coma concluiu o trecho cronometrado em 2h30min50s0, e elogiou o percurso. “O segundo dia apresentou uma etapa maior, como já era de se esperar, e muito bonita. Estou contente por ter vencido essa especial pois isso significa o resultado de todo um trabalho que vem sendo desenvolvido por mim e pela equipe. A maior dificuldade de hoje foi a grande variedade de pisos e a exigência de bastante navegação”, comentou o espanhol.

Foto: Gabriel Barbosa/www.webventure.com.br - Collet terminou com o quarto tempo

Foto: Gabriel Barbosa/www.webventure.com.br - Collet terminou com o quarto tempo

José Hélio, que disputa seu primeiro Rally dos Sertões com uma BMW 450, afirma que neste segundo dia foi possível acelerar um pouco mais. “A especial de hoje foi extremamente rápida, muito veloz e bem prazerosa de se fazer. Apresentou um bom piso, que permitiu imprimir um ritmo forte”, declarou o competidor, que também aproveitou para elogiar seu novo equipamento. “Já estou adaptado à nova moto, que é uma delícia e me divirto muito em cima dela”.

A especial de hoje sofreu uma mudança no local de largada, em função de uma fazenda que estava movimentando gado. Com isso, o trecho teve de ser encurtado em nove quilômetros. “Hoje tivemos um andamento normal de prova, exceto a alteração do local da largada. Também houve um acidente com o Carlos Ambrósio (piloto de motos), que acabou batendo em uma cerca, mas conseguimos efetuar o resgate com sucesso”, comentou Marcos Moraes, o organizador da prova. Ambrósio quebrou a clavícula, mas foi prontamente atendido e agora está fora do rally.

Quadris
Nos quadriciclos, Robet Nahas manteve o bom rendimento e venceu mais uma especial. “Foi um dia muito bom, mais longo que o primeiro, e que dá início ao Rally dos Sertões de fato. A especial de hoje apresentou um chão ‘solto’, o que é muito perigoso para os quadris. O equipamento vai ‘surfando’. Mas consegui vir bem, poupando o conjunto para a sequência dos Sertões”, comentou o piloto, que apesar dos contratempos, manteve a ponta. “Acabei me perdendo duas vezes, mas isso é normal, acontece em qualquer rali”, acrescenta Nahas.

Tom Rosa, que terminou com o quinto tempo, concorda com Nahas. “Hoje enfrentamos a dificuldade do piso. Encontramos alguns trechos com piso muito fino, uma espécie de pó de areia. Peguei bastante tráfego, mas, fora isso, deu tudo certo”, comentou o competidor.

Confira os 10 primeiros da segunda etapa nas motos:
1º – Marc Coma (ESP) – KTM 690 – 02h30min50s0
2º – Zé Hélio (BRA) – BMW 450 – 02h31min57s4
3º – Deni do Nascimento (BRA) – Honda 450 – 02h32min01s0
4º – Ike Klaumann (BRA) – Yamaha 450 – 02h33min48s5
5º – Kuba Przygonski (POL) – KTM 690 – 02h35min00s7
6º – David Casteu (FRA) – Sherco 450 – 02h35min01s8
7º – Dario Souza (BRA) – Honda 450 – 02h36min29s0
8 º – Thiago Fantozzi (BRA) – KTM 450 – 02h37min38s0
9º – Juca Bala (BRA) – KTM 450 – 02h38min12s1
10º – Ludovic Boinnard (FRA) – Honda 450 – 02h39min07s7

Confira os 10 primeiros da segunda etapa nos quadriciclos:
1º – Robert Nahas (BRA) – Protótipo – 02h48min11s7
2º – Francinei Costa (BRA) – Yamaha 700 – 02h49min55s2
3º – Rafal Sonik (POL) – Yamaha 900 – 02h53min54s3
4º – Carlo Collet (BRA) – BRP 800 – 02h56min15s2
5º – Tom Rosa (BRA) – Yamaha 450 – 02h57min15s6
6º – Heronaldo Marinho (BRA) – Yamaha 700 – 03h03min42s6
7º – Sérgio Klaumann (BRA) – Honda 700 – 03h07min16s6
8º – Rodrigo Varela (BRA) – Suzuki 450 – 03h08min59s5
9º – Marcio Oliveira (BRA) – KTM 530 – 03h09min24s7
10º – Rodolfo Brito (BRA) – Yamaha 700 – 03h14min30s9

Veja os cinco primeiros no acumulado geral das motos:
1) Zé Hélio – 4h12min12s
2) Marc Coma – 4h14min12s
3) Deni do Nascimento – 4h18min
4) Ike Klaumann – 4h18min56s
5) Felipe Zanol – 4h21min37s

Veja os cinco primeiros no acumulado geral dos quadris
1) Robert Nahas – 4h46min28s
2) Francinei Souza – 4h49min23s
3) Carlo Collet – 4h55min21s
4) Rafal Sonik – 5h02min38s
5) Heronaldo Marino – 5h09min26s