Dakar_destaque_04_01

Começou o maior espetáculo off-road do planeta de 2014

LARGADA PROMOCIONAL DÁ INÍCIO AO DAKAR 2014
Jean Azevedo e Dário Júlio cumprem últimos compromissos antes da largada oficial

O Dakar 2014 começou oficialmente neste domingo (5) com a largada oficial às 5h20 (horário de Brasília), para a primeira etapa entre as cidades de Rosário e San Luis na Argentina. A etapa terá 180 quilômetros de trechos cronometrados (especiais) e 629 quilômetros de deslocamento.

Programação do Rally Dakar 2014

Programação do Rally Dakar 2014

Mas desde ontem (sábado) o clima de desafio já tomava conta dos pilotos Jean Azevedo e Dário Júlio, da Honda Racing Rally Team, os únicos brasileiros na categoria motos do Dakar 2014, quando cumpriram os últimos compromissos na cidade de Rosário, sede da largada.

Logo pela manhã do sábado, Jean participou da coletiva de imprensa promovida pela Honda HRC, que também contou com os pilotos oficiais da marca Joan Barreda, Hélder Rodrigues, Paulo Gonçalves, Javier Pizzolito e Sam Sunderland, além do piloto da Honda Argentina Rally Team, Pablo Rodriguez, e da piloto convidada, a espanhola Laia Sanz, campeã mundial de enduro e de trial.

Roteiro do Rally Dakar 2014

Roteiro do Rally Dakar 2014

O dia terminou com Jean e Dário participando do briefing obrigatório e foto oficial dos competidores, e da largada promocional, às 19h50 (horário de Brasília), no Monumento a la Bandera, que reuniu milhares de fãs da modalidade.

OS NÚMEROS DO DAKAR 2014
36ª edição do principal rali do planeta começou neste domingo (5)

Rally Dakar, números que impressionam

Rally Dakar, números que impressionam

Números do Dakar, que mostram porque este é o principal rali do planeta

2 – são as etapas maratona (motos e quadriciclos) sem assistência e totalmente independentes (2.702 km, incluindo 1.590 km de especiais);

4 –  é o número de títulos a serem disputados no Dakar, nas categorias de motos, quadriciclos, carros e caminhões;

9 – é o número de mulheres inscritas no Dakar nas categorias de carros, motos e quadriciclos;

11 – é o recorde de vitórias no rali, de Stéphane Peterhansel, com 6 títulos com motocicleta e 5  com carro. Vladimir Chagin detém o recorde em número de vitórias em uma única categoria, com 7 triunfos com um caminhão;

18 anos e 23 dias –  tem o piloto mais novo na largada em Rosário: o Argentino Jeremías González Ferioli, participante da categoria de quadriciclos;

28 – é o número de países visitados pelo Dakar desde sua criação. A Bolívia receberá o rali pela primeira vez, sediando duas etapas;

30 – é o número de médicos presentes no hospital dos acampamentos atendimento dos pilotos e equipes;

41 – é o número de pilotos de quadriciclos inscritos para o rali em 2014, um recorde;

50 – é número de nacionalidades representadas no rali;

60 – é o número de áreas de segurança para os espectadores;

71 – é o número de caminhões participando no rali;

72 – anos é a idade do competidor mais velho: o japonês Yoshimasa Sugawara, a categoria caminhões;

89 – é o número de competidores que participam do Dakar pela primeira vez, 20,27% do total;

124 – é o número de competidores franceses envolvidos na corrida, a principal nacionalidade, com 17,29% do total;

152 – é o número de carros participando do rali;

190 – é o número de países nos quais as imagens do Dakar serão transmitidas, por 70 canais de televisão;

210 – é o número de veículos de organização utilizados diariamente no rali (40 carros, 11 helicópteros, 55 caminhões, 5 ônibus, etc);

280 – é o número de jornalistas que acompanharão todo o rali, de um total de 1.800 credenciais para mídia ao todo, incluindo equipes técnicas, imprensa local, etc;

Jean Azevedo e Dário Júlio da Honda Racing Rally Team reprentarão o Brasil nas motos, no maior espetáculo off-road do planeta

Jean Azevedo e Dário Júlio da Honda Racing Rally Team reprentarão o Brasil nas motos

450 – é a potência máxima em cilindradas autorizada para os motores das motos inscritas no rali;

720 – é o número de competidores participando como pilotos, co-pilotos e mecânicos;

1.200 – é o número total de horas estimadas de imagens transmitidas do Dakar nos canais de televisão do mundo (tendo como base os números de 2013);

1978 – em 26 de dezembro, aconteceu a largada da 1a edição (de 1979);

2.300 – é o número de mensagens de segurança transmitidas em 40 estações de rádio na Argentina, Chile e Bolívia;

3.000 – é o número de pessoas recebidas todos os dias no acampamento: competidores, organizadores, patrocinadores e pessoal de mídia;

8.739 – é o número de quilômetros a serem percorridos entre Rosário e Santiago, com 5.220 quilômetros de especiais para os carros;

9.209 – é o número de quilômetros a serem percorridos entre Rosário e Santiago, com 5.212 quilômetros de especiais para os caminhões;

9.395 – é o número de quilômetros a serem percorridos entre Rosário e Santiago, com 5.222 quilômetros de especiais para as motos;

22.000 – é o número de pessoas mobilizadas para a segurança dos espectadores e competidores;

80.000 – é o número de refeições servidas no acampamento durante o rali;

100.000 – é o número de seguidores na conta oficial do Dakar no Twitter;

820.000 – é o número de fãs na página oficial do Dakar no Facebook, vários dias antes do início da corrida;

7,8 milhões – é o número de visitas únicas no website da competição;

4,6 milhões – é o número de espectadores contados na largada, chegada e passagem do Dakar em 2013, na Argentina, Chile e Peru;

1 bilhão – é o número de telespectadores que assistiram às imagens do Dakar em 2013.

A SEGURANÇA É PRIORIDADE PARA OS ORGANIZADORES E PAÍSES-SEDE

A segurança medida em números:

– 60 “zonas de espectadores” seguras estão montadas nas 13 etapas do rali para permitir que o público assista à passagem dos competidores do Dakar nas melhores condições. O público é informado três dias antes pela mídia de onde estas zonas estarão localizadas.

– 22.000 policiais asseguram a segurança do público nas 13 etapas do rali.

– 7 helicópteros participam da segurança e monitoramento do trajeto antes da corrida para informar às autoridades e organizadores sobre quaisquer perigos.

– 19 veículos e 40 pessoas da Agencia Nacional de Seguridad Vial da Argentina supervisionarão o movimento das multidões que vão às “zonas de espectadores”.

– 30 veículos da organização farão todos os dias a segurança do trajeto e das “áreas destinadas ao público”.

– As velocidades nos deslocamentos não devem exceder aos limites legais e quaisquer excessos serão rigidamente punidos.

PREVENÇÃO:

– 2.300 mensagens de segurança são transmitidas por 40 estações de rádio em todos os países pelos quais o rali viaja.

– Uma campanha de imprensa massiva reforçando as instruções de segurança é conduzida em colaboração com todos os principais jornais e revistas nos países pelos quais o rali passa.

– Um vídeo de prevenção foi produzido e será transmitido pelos canais de TV e web sites das principais organizações de mídia, incluindo a FOX Sports.

– 400.000 folhetos serão distribuídos pela Agencia Nacional de Seguridad Vial na Argentina.

– Páginas oficiais no Facebook e Twitter exibem mensagens relacionadas à segurança todos os dias.

Acompanhe tudo o que vai acontecer no Rally Dakar 2014 através dos resumos diários aqui no Portal Motonline.