Foto: Hubert Auriol, tri-campeão no Paris-Dakar

De volta à África

Foto: Hubert Auriol, tri-campeão no Paris-Dakar

Foto: Hubert Auriol, tri-campeão no Paris-Dakar

Hubert Auriol, tri-campeão no Paris-Dakar nas motos e ex-diretor do rali mais famoso do mundo, anuncia nova prova nas areias do deserto.

Enquanto a empresa organizadora do famoso Rally Paris-Dakar, a Amaury Sport Organisation, optou por abandonar as areias do deserto e organizar o próximo Dakar na América do Sul em janeiro de 2009, o francês Hubert Auriol, tricampeão do rali e ex-diretor da prova, anunciou uma nova competição na mesma época no continente africano: a Africa Race.

Em coletiva de imprensa realizada no último dia 5 de junho, Auriol anunciou que a cidade francesa de Marselha vai ser o ponto de partida da Africa Race, no dia 26 de dezembro deste ano. Além disso, revelou o trajeto da prova que, depois de passar por Marrocos e Mauritânia, termina no dia 11 de janeiro de 2009 na capital do Senegal, Dakar. O Dakar “original” larga de Buenos Aires, em 3 de janeiro do próximo ano e, após percorrer o Chile, termina na capital argentina no dia 18.

Auriol, de origem francesa, mas nascido na Etiópia, foi um dos grandes críticos do cancelamento do Dakar 2008, anulado em virtude de ameaças terroristas. O primeiro piloto a vencer o Dakar nas motos (em 1981 e 1983) e nos carros (1992) declarou à época não acreditar que a organização não previu um plano B. “Lançar agora uma prova que fortaleça a ligação entre Europa e África é um projeto que está no meu coração”, declarou Auriol.

Foto: Piloto André Azevedo

Foto: Piloto André Azevedo

Na coletiva de imprensa, onde estavam presentes patrocinadores, representantes da Federação Internacional de Motociclismo (FIM) e diversos pilotos, Auriol disse que a prova vai reunir amadores e profissionais nas categorias motos, quadriciclos, carros e caminhões. “Eu tive a sorte de ter experiências fantásticas no deserto africano. Atendendo aos pedidos dos países africanos em organizar um rali no continente é uma forma de retribuir tudo o que a África me proporcionou” declarou ele.

Perigo! – Um dos primeiros a disputar o Rally Paris-Dakar na década de 80 ao lado de Klever Kolberg, o piloto André Azevedo, hoje no comando de um caminhão da equipe Petrobras-Lubrax, se disse surpreso com os planos de Auriol. “Não sabíamos sobre este novo rali, o Africa Race 2008. Aguardamos mais informações da competição, pois ela será realizada numa região muito conturbada e com pouca segurança.”, diz André com a propriedade de quem já participou de duas dezenas de ralis no deserto africano.

O piloto brasileiro não planeja estar na África em janeiro de 2009. “O objetivo da Equipe Petrobras Lubrax agora é o Dakar na Argentina e no Chile já que nossa estrutura financeira e mídia estão todas focadas para isso. E esperamos, acima de tudo, que a América do Sul seja uma grande descoberta pra o mundo inteiro”, completou o piloto do caminhão da equipe Petrobras-Lubrax.