supersport-s-ducati-1

Ducati Supersport S chegará com 113 cv e por R$ 63,9 mil

A Ducati Supersport S foi um dos principais destaques da marca em seu estande no Salão Duas Rodas 2017 e, muito em breve, pode ser sensação também em garagens e ruas Brasil afora. A pré-venda do modelo inicia já no dia 30 de julho, próxima segunda-feira, e as primeiras unidades chegam às lojas brasileiras no decorrer de agosto. O preço sugerido é R$ 63.900,00.

Veja o vídeo sobre a nova Ducati Supersport S produzido pelo Minuto Motor, do jornalista Aldo Tizzani, parceiro do Motonline.

Supersport S chega para ser a 'esportiva urbana' da Ducati, beneficiada pelos três modos de pilotagem e posição mais mais confortável. Pré-venda inicia em 30 de julho e motos chegam em agosto

Supersport S chega para ser a ‘esportiva urbana’ da Ducati, beneficiada pelos três modos de pilotagem e posição mais mais confortável. Pré-venda inicia em 30 de julho e motos chegam em agosto

Segundo a italiana, a Supersport S segue o padrão de design das superesportivas Panigale (especialmente da irmã 959 Panigale), mas possui posição de pilotagem mais relaxada e motor mais suave.  Assim, o modelo cumprirá o papel de ‘esportiva urbana‘ no lineup da Ducati, com foco na versatilidade de uso.

Esportividade no design e nos 'mimos', como suspensão ajustável e câmbio Ducati Quick Shift. Preço sugerido é de R$ 63.900,00

Esportividade no design e nos ‘mimos’, como suspensão ajustável e câmbio Ducati Quick Shift. Preço sugerido é de R$ 63.900,00

Suspensão Öhlins totalmente ajustável

Suspensão Öhlins totalmente ajustável

Para reforçar essa característica, mostrando que a moto é apta tanto para curtos deslocamentos urbanos quanto para viagens ou pilotagem esportiva, a marca disponibiliza duas opções de pack aos primeiros que manifestarem efetuarem sua pré-reserva: o Kit Ducati Touring, com dois maleiros laterais rígidos, parabrisa alto e manoplas aquecidas; e o Kit Ducati Sport, que integra paralama dianteiro de carbono, manetes de alumínio Rizoma, setas em LED, tampas dos reservatórios em alumínio e protetor de tanque em carbono.

Supersport S – sua Ducati para todos os dias (ou quase isso)

A SuperSport S busca aliar esportividade e versatilidade, conciliando bom desempenho em perímetros urbanos assim como em alta rotação. A moto destaca-se pela suspensão Öhlins totalmente ajustável, sistema de aumento/redução de marchas Ducati Quick Shift (DQS) e quadro desenvolvido pelo estúdio de design Trellis.

Modelo foca na versatilidade. Sem perder a esportividade, promete conforto e desempenho também em trechos urbanos e viagens médias

Modelo foca na versatilidade. Sem perder a esportividade, promete conforto e desempenho também em trechos urbanos e viagens médias

O motor é um Testastretta 11°, com dois cilindros em L e 937 cm3, que produz 113 cv a 9.000 rpm e 9,86 kgf.m a 6.500 rpm. Ele trabalha em conjunto com os três modos de pilotagem (sport, touring e urban), que buscam garantir o máximo de aproveitamento em várias condições de condução, até mesmo para viagens de média distância. O conjunto dispõe, também, com sistema de freios ABS Bosch e pinças Brembo, controle de tração, faróis em LED e painel de instrumentos em LCD. A Supersport S chega disponível apenas em vermelho, devendo ser disponibilizada também em branco (cor que chamou a atenção no SDR 2017) em breve.

Modelo foi sensação no stand da Ducati no Salão Duas Rodas 2017, em novembro passado (foto). Porém, por enquanto, a Supersport S estará disponível aqui apenas na cor vermelha

Modelo foi sensação no stand da Ducati no Salão Duas Rodas 2017, em novembro passado (foto). Porém, por enquanto, a Supersport S estará disponível aqui apenas na cor vermelha

separador_ducati



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.