Foto: Economia na XT 660

Economia, desabafo, mercado, envelhecido, etc

Foto: Economia na XT 660

Foto: Economia na XT 660

Como incans vel leitor e vendo as trocas de informa‡äes contidas, nÆo tenho uma XT660R ‚ um sonho quase impossiv‚l mas para quem tem nÆo posso ser ego¡sta a ponto de ficar calado. Tenho uma informa‡Æo muito boa para quem possui essas motos, ‚ sobre o jogo de TRA€ÇO que custa R$1.500 o Orig. Mas se vcs pegarem o pinhÆo da Suzuki GS500 ‚ a mesma coisa e a COROA da antiga XT. Observa‡Æo apenas 2 furos casam vc pode mandar um torneiro fazer os outros quatro furos e a corrente e a mesma 420 da tornado e tudo sai na m‚dia de R$ 280.
wamberto – Garanhuns – PE
Wamberto, finalmente um cidadÆo de Garanhuns nos trouxe uma medida econ“mica realmente eficiente! Seu concidadÆo Lu¡s Ign cio s¢ me traz preju¡zo! Sempre que passo por a¡ sempre paro pra comer o abacaxi mais doce do Brasil!

Desabafo
TiTe, sou motociclista a pelo menos 25 anos, j  me aventurei no passado em provas saudosas como as doze horas de interlagos, quando o Centauro ainda contava com o seu Eloi como presidente ah bons tempos, aqueles que quando cruz vamos com outra moto na rua era de praxe um toque na buzina pra cumprimentar. Hoje uso uma xtz125 para o meu deslocamento ao trabalho (Penha-Barueri) ,rodo 100km por dia entre marginais e Castelo Branco s¢ lamento! a falta de no‡Æo de alguns motoristas beira o absurdo,‚ normal a mudan‡a de faixa sem sinaliza‡Æo, na minha opiniÆo a grande respons vel pelas mortes no nosso meio. EntÆo me pergunto: quando queremos impedir as motos de transitar pelos corredores, estamos atacando a causa ou o efeito? Durante quantos anos a reencarna‡Æo do Jƒnio (kassab) andou de moto pela cidade? quem dentre todos os leitores e amigos do motonline teria a coragem de ficar ocupando o lugar de um carro na marginal no congestionamento l  pelas 20H sem ter medo de ser roubado? Algu‚m j  se perguntou se todas as motos que passam pela marginal ocupassem as faixas de rolamento como os carros qual seria o impacto no transito?
mauricio – sao paulo sp

Mercado
Menino, nÆo estou escrevendo p/ babar seu ovo, pq tenho certeza q muitos j  fizeram isso hj. Gostei do Editorial e queria fazer dois coment rios q acho pertinentes. Primeiro, quanto a Administra‡Æo P£blica: o problema ali sempre foi pol¡tica demais e profissionalismo de menos. Qtos chefes, diretores e/ou presidentes de ¢rgÆos p£blicos q vc conhece sÆo funcion rios de carreira, com real experiˆncia de campo? A minha pouca experiˆncia diz q nenhum deles ‚. SÆo cargos reservados aos “amigos” daquele q estiver no poder no momento, por meio de cargos em comissÆo ou de confian‡a. O resultado ‚ q os integrantes das c£pulas decis¢rias geralmente egos a satisfazer do q experiˆncia e competˆncia p/ agir. O outro lado da moeda vem daqueles q, supostamente sÆo profissionais do motociclismo, mas na realidade sÆo apenas vendedores disfar‡ados. Toda vez q penso no assunto, me recordo de um certo sr. Paulo, da Assessoria de Imprensa da Yamaha. Nos idos de 98/2000, eu era um motociclista e yamahista apaixonado, inconformado c/ a mediocridade da Yamaha no Brasil. Em fun‡Æo disso, escrevi v rias cartas a essa empresa, dando sugestäes, fazendo cobran‡as, apelando e implorando p/ q a Yamaha se tornasse, aqui, aquilo q eu via ela sendo no Exterior. Para minha imensa surpresa, uma pela tarde o sr. Paulo ligou p/ minha casa, e conversamos por uma boa meia hora. Na ‚poca, o q eu mais pedia era algum lan‡amento do naipe da ZEAL 250 ou da TDR 250 (a original, nÆo o arremedo q fabricaram aqui), mas com motor quatro tempos. Conversamos, conversamos, e ele pediu p/ q eu ficasse atento, pois em “breve” seria lan‡ada uma moto q “atenderia todas as minhas expectativas”. Qdo o lan‡amento finalmente veio, eu quis chorar de frustra‡Æo, pois tudo, tudo o q eu havia escrito e dito tinha sido em vÆo: o lan‡amento foi a TDM 225, moto q s¢ perdeu p/ a TDR 180 em capacidade de fugir da proposta original (ressalvando q, apesar de tudo, o desempenho da TDR 180 conseguia ser mais empolgante do q o da TDM 225). Essa ‚ a experiˆncia q tenho c/ a pesquisa de mercado das nossas montadores, e essa ‚ a lembran‡a e a decep‡Æo q carrego comigo at‚ hj. Jamais imaginei q eu conseguisse me fazer entender tÆo mal.  nesse momento q entendemos a importƒncia de um profissional como vc, e a falta q faz … companhias aqui instaladas ter algu‚m do seu quilate entre suas fileiras.
Luis – TaboÆo da Serra, SP

Envelhecido
Coment rio sobre o artigo “Sendo Envelhecido pelo Mercado e Sobrevivendo”. S¢ posso dizer isso por j  ter conhecido na pr¢pria pele. Ser chamado para entrevistas em grupo e ver crian‡as disputando uma vaga onde a maturidade e experiˆncia sÆo pr‚-requisitos, sem denegrir os mais jovens, mas algumas fun‡äes pedem pessoas com capacidades que rarissimamente uma pessoa com vinte e tantos anos tem, mas somos preteridos. O mercado ‚ estranho mesmo, prefere muitas vezes produtos antiquados ultrapassados e de design duvidoso a produtos novos com propostas novas, s¢ por que nÆo tem nome no mercado. Talvez por que o mercado nÆo gosta de arriscar e prefere a seguran‡a, que ele mesmo imagina. Pois muitos jovens costumam aceitar tudo para se manterem no mercado, e quando avan‡amos na idade e na experiˆncia, come‡amos a fazer questionamentos e por em cheque at‚ o porquˆ de sermos preteridos aos mais novos, regularmente. Mas nÆo desistam, uma das nossas vantagens ‚ a perseveran‡a, burilada em anos e anos de muito trabalho.
Eduardo – SÆo Paulo SP

Filtro
Quanto a Falcon que apaga do Amauri (alcƒntara – paulista pe) pode ser o filtro de combust¡vel obstru¡do (o da torneira ou se tiver, originalmente nÆo existe, o que fica entre o tanque e o carburador) na minha ocorreu o mesmo problema e era o filtro nÆo original, tirei e nÆo coloquei outro, acabou o problema.
Ciro – Iper¢-SP

Livro
Graaaande Tite seu livro ficou show cara ‚ de doer a barriga de rir, para te falar a verdade eu nunca tinha lido um livro at‚ o fim hehehe foi o primeiro, comecei a ler nÆo d  mais vontade de parar, pena que acabou, vai ter outro n‚? Quem deu gra‡as que acabou foi minha namorada ela nÆo aguentava mais ver novela com eu rindo do lado hehehe O site tamb‚m ‚ d‚z j  me ajudou em muitas d£vidas e curiosidades.
Alceni Santos
P“, desculpa provocar essa dor de barriga!

Capacete
Tite, como ficou a lei dos capacetes? vai entrar em vigor mesmo ou nao? se for entrar, quando? aqui em na minha cidade at‚ os guardas municipais que cuidam do transito usam capacete aberto.
Bruno – umuarama – pr
Bem, era pra entrar em julho, mas como sempre deve ser mais uma lei que cair  no esquecimento!