Foto: Divulgação (04/6/2009)

Eletroposto completa um ano na Barra da Tijuca

Foto: Divulgação (04/6/2009)

Foto: Divulgação (04/6/2009)

Com a chegada em breve do scooter Kasinski Prima Electra, mostrada no Michelin Challenge Bibendum que aconteceu no início deste mês no Rio de Janeiro, aumenta a necessidade de postos de serviços para recarregamento de baterias de veículos elétricos.

A Barra da Tijuca conta desde junho de 2009 com o primeiro Eletroposto do Hemisfério Sul, instalado em um posto de serviços que oferece abastecimento para veículos elétricos utilizando energia gerada a partir de painéis solares fotovoltaicos.

A base para a geração de energia do eletroposto carioca, desenvolvida e instalada pela Energia Z, empresa do Grupo Zeppini, é formada por um conjunto de 28 módulos, agrupados em placas utilizadas para converter a energia da luz do Sol em energia elétrica.

Esses dispositivos geram 184 volts em corrente contínua convertida por um inversor que gera, transmite e distribui energia elétrica alternada de 220 volts e oferecida para recarga de veículos em tomadas 110 ou 220 volts.

O eletroposto oferece recargas de uma a três horas ou ainda a troca de baterias descarregadas por um conjunto carregado, sem impactos negativos para o meio ambiente na cidade, onde estima-se que circulem mais de 320 veículos movidos a eletricidade.

A comemoração de um ano do Eletroposto acontece justamente após a realização da 10ª edição do Michelin Challenge Bibendum, realizado no Rio de Janeiro e reconhecido como a primeira ação global em prol da mobilidade rodoviária sustentável. O evento reuniu formadores de opinião, políticos, jornalistas, empresários e autoridades de todo mundo para discutir ações relacionadas ao futuro da mobilidade sustentável e infra-estrutura para abastecimento de veículos elétricos no Brasil.

“Com a realização do Challenge Bibendum no Rio de Janeiro, a expectativa é que os ideais de preservação e proteção ambiental sejam fortalecidos e que ações e investimentos com esses propósitos passem a ser realmente incentivados no Brasil” afirma Paulo Rogério Fernandez, Diretor Executivo do Grupo Zeppini.

A exemplo da cidade do Rio de Janeiro, o município de São Bernardo do Campo – São Paulo – também conta desde 2008 com os benefícios de um Eletroposto que tem capacidade para gerar 170 kWh/mês, e abastecer gratuitamente veículos elétricos em transito pela Estrada Sadae Takagi, local onde estão sediadas as empresas que formam o Grupo Zeppini.