Em Engenheiro Coelho (SP), Gardano busca melhora na 3ª etapa do Veloterra paulista

 O piloto Betinho Gardano viaja para a cidade de Engenheiro Coelho (SP), a aproximadamente 170 quilômetros da capital paulista, para a disputa da terceira etapa do Asfaltozero Paulista de Veloterra. Competindo pelo primeiro ano na categoria VX1 (para motos de até 450 cm³ de cilindrada), Gardano completou as duas corridas já realizadas em segundo lugar, mas, quer melhorar seu desempenho na prova deste domingo (15).

Betinho Gardano que está em segundo na classificação final, com 44 pontos. O líder é Danilo Veltroni, com 52 pontos.

Atual bicampeão da categoria VX2 do Asfaltozero Paulista, o piloto subiu de categoria, e corre com uma Honda CRF 450 R. Após três corridas (além das duas primeiras etapas do campeonato estadual, ele disputa também o Brasileiro de Veloterra), Betinho já está bem adaptado ao equipamento. “Fiz três corridas e estou conseguindo treinar com frequência nos finais de semana. Essa moto é maior e mais forte, então, exige mais do preparo físico, e isso é uma coisa que vem com o tempo também”, explicou.

Diferente da maioria dos circuitos que sediam etapas do campeonato, a pista de Engenheiro Coelho será montada em frente à Câmara Municipal da cidade, o que, segundo Gardano, não influencia muito no rendimento. “Na verdade, não tem muita diferença, já que, vai ser uma novidade para todos os pilotos. Temos de aproveitar bem os treinos para o reconhecimento do traçado”, analisou. Ele ainda comentou sobre a possibilidade de chuva na corrida. “Eu gos