Equipe Petrobras Lubrax retorna ao Brasil e comemora mais conquistas no Rally Dakar

Equipe Petrobras Lubrax retorna ao Brasil e comemora mais conquistas no Rally Dakar

Equipe Petrobras Lubrax retorna ao Brasil e comemora mais conquistas no Rally Dakar

Nestes 21 anos a equipe brasileira Petrobras Lubrax foi a responsável pelo pioneirismo do off road no Brasil, tendo em sua história o privilégio de ter participado do Rally Dakar pela primeira vez em 1988. Além disso, o piloto André Azevedo também foi o primeiro sul-americano a subir ao pódio da competição.

Desde então, a equipe acumula 20 pódios, dentre eles oito na primeira colocação. As duas últimas vitórias aconteceram agora no Rally Dakar 2009, realizado entre os dias 02 e 17 de janeiro, na América do Sul. Rodolpho Mattheis venceu a categoria Motos Marathon até 450cc, enquanto a dupla de carro Jean Azevedo/Youssef Haddad, a Rookie Challenge, direcionada aos competidores que participam pela primeira vez em quatro rodas.

Entre os caminhões, mais uma vez figura o piloto André Azevedo com um excelente resultado para o Brasil. Ao lado de Maykel Justo e Mira Martinec, André conquistou a melhor posição entre todos os competidores do País: o sexto lugar na classificação geral.

Após 15 dias de prova, terminar é uma vitória
O Dakar carrega consigo a fama de ser a maior e mais difícil prova off road do mundo. Participar de um Dakar, muitas vezes, pode ser considerado como escalar o seu próprio Everest. Dessa maneira, a chegada é desejada por todos e representa a superação de seus desafios. “Dos 21 ralis que participei, a edição 2009 está entre os três mais difíceis”, afirmou André Azevedo.

Jean Azevedo, a respeito de sua primeira participação no Dakar na categoria Carros – ele já possui nove em duas rodas -, fez um balanço de sua estréia. “O saldo final foi positivo. Tivemos muitos problemas durante todo o rali, mas sei que é com eles que aprendemos. Estou bem feliz com o nosso resultado”, conclui.

Youssef Haddad, navegador do Mitsubishi Pajero Full, concorda com Jean. “Claro que enfrentar tantos problemas no veículo não estava em nosso planejamento, mas conseguimos chegar ao final. Isso quer dizer que provamos que somos competitivos. Fiquei com aquele gostinho que conseguiríamos ir ainda melhor e com vontade de voltar para o rali”, ressaltou.

“Conseguir terminar o Dakar foi o melhor momento da minha vida. Em cada etapa disputada eu tinha que administrar as dificuldades e meus adversários. E sempre com a cabeça no lugar para não deixar tudo a perder. Sinto agora que levo pra casa muitas lições, como ter mais paciência e sempre que focar um objetivo ir até o final”, contou o piloto estreante Rodolpho Mattheis.

No dia 02 de janeiro, durante a largada promocional desta 31ª edição do Rally Dakar, a organização da prova contabilizou 500 veículos, sendo 217 motos, 25 quadriciclos, 177 carros e 81 caminhões. Após 15 dias, retornaram apenas 113 motos, 13 quadriciclos, 91 carros e 54 caminhões. Sem dúvida, a competição continua sendo um grande teste de velocidade para os competidores e suas máquinas. E desta vez, em um novo cenário: a América do Sul. A Equipe Petrobras Lubrax é a única no mundo a correr em três categorias simultaneamente e chegou completa ao final.

Resultados finais do Rally Dakar 2009
Caminhões – Geral
1º Kabirov/Belyaev/Mokeev (Kamaz) -47h44min50s
2º Chagin/Savostin/Nikolaev (Kamaz) – 47h47min50s;
3º De Rooy/Colsoul/Van Melis (Ginaf) – 48h42min27s;
6º André Azevedo/Maykel Justo/Mira Martinec (Tatra) – 59h06min04s.

Carros – Geral
1º De Villiers/Von Zitzewitz (Volkswagen) – 48h10min57s;
2º Miller/Pitchford (Volkswagen) – 48h19min56s;
3º Gordon/Grider (Hummer) – 49h57min12s;
23º Jean Azevedo/Youssef Haddad (Mitsubishi) – 78h39min45s (vitória na categoria Rookie Challenge)

Motos – Geral
1º Marc Coma (KTM) – 52h14min33s;
2º Cyril Despres (KTM) -53h40min11s;
3º David Fretigné (Yamaha) – 53h53min29s;
31º Rodolpho Mattheis (KTM) – 63h38min49s (vitória na categoria Marathon até 450cc)

A Equipe Petrobras Lubrax tem patrocínio da Petrobras, Mitsubishi Motors do Brasil, Pirelli, e apoio da Mercedes-Benz Caminhões, CCR/Nova Dutra, Renov, BorgWarner, Kaerre, Capacetes Bieffe, Sparco América Latina, Artfix, Motorola e TIM.

Assessoria de Imprensa Equipe Petrobras Lubrax
Ana Carolina Vieira