Foto: Team Honda representa o Brasil no Motocross das Nações 2009

Gráficos e uniformes do Motocross das Nações valorizam as cores do Brasil

Foto: Team Honda representa o Brasil no Motocross das Nações 2009

Foto: Team Honda representa o Brasil no Motocross das Nações 2009

Seleção nacional terá visual exclusivo no evento considerado a Copa do Mundo da modalidade, nos dias 3 e 4 de outubro na Itália

A seleção brasileira terá visual exclusivo na disputa do Motocross das Nações 2009, marcado para os dias 3 e 4 de outubro no autódromo de Franciacorta “Daniel Bonara”, em Brescia, Itália. Os grafismos das motocicletas Honda, desenvolvidos pela Orbital, foram apresentados neste sábado e têm fundo branco, sempre valorizando as outras cores da bandeira nacional. Os bancos serão azuis. Já os uniformes dos pilotos Antônio Jorge Balbi Júnior, da categoria Open (450cc), Wellington Garcia, da MX1 (450cc), e Swian Zanoni, da MX2 (250cc), foram produzidos pela ASW com destaque para as cores amarela e verde.

–Iremos representar o Brasil no mais importante evento internacional, portanto nos grafismos foram inseridas bandeiras nacionais estilizadas em um fundo branco. O objetivo é que os nossos pilotos e as motocicletas sejam facilmente identificados na pista–, explicou Wilson Yasuda, chefe de equipe da seleção. Os gráficos serão aplicados nas motocicletas Honda CRF 250R e Honda CRF 450R somente na Itália, já que as máquinas estão sendo preparadas pelas equipe de apoio do Brasil, a italiana Martin Racing. –São motocicletas especiais. A expectativa é grande para pilotar essas máquinas, já que o Brasil nunca teve um suporte técnico como este–, lembrou Yasuda.

Os pilotos aprovaram os grafismos e os uniformes. –As motos e os equipamentos estão lindos. O orgulho é muito grande em carregar as cores do Brasil na camisa–, disse o mineiro Swian Zanoni, que mora em Nova Friburgo (RJ) e irá disputar o Nações pela primeira vez. Wellington Garcia está ansioso para vestir o uniforme na pista. Esta é a terceira vez que o goiano alinha no gate do tradicional evento. –O uniforme está mais justo, o que traz ma is conforto e segurança na hora da prova. E o grafismo ficou perfeito, combina bastante com as cores do Brasil. Sempre quis correr com uma moto branca, ficou muito bonito–, concluiu.

Formato de disputa – A principal característica do Motocross das Nações é o formato de disputa por equipes, ou seja, a soma dos resultados dos três pilotos é o que define a classificação de cada país participante. Em 2009, o evento tem recorde de inscritos, com 108 pilotos de 36 nacionalidades. Esta é a terceira temporada seguida que o Team Honda irá representar o Brasil no evento. A equipe, anteriormente formada por Balbi, Wellington e Leandro Silva, conquistou as melhores classificações da história (14º lugar em 2008, na Inglaterra, após o 16º lugar de 2007, nos Estados Unidos). O atual campeão do Motocross das Nações é o time dos Estados Unidos.

Programação* – Motocross das Nações 2009
(horário locais – cinco horas a mais com relação a Brasília)
3/10 – Sábado
10h às 10h40 – Treino livre MX1
11h às 11h40 – Treino livre MX2
12h às 12h40 – Treino livre Open
14h30 – Bateria qualificatória MX1 (20 minutos + duas voltas)
15h30 – Bateria qualificatória MX2 (20 minutos + duas voltas)
16h30 – Bateria qualificatória Open (20 minutos + duas voltas)

4/10 – Domingo
8h40 às 9h – Aquecimento Bateria B
9h10 às 9h30 – Aquecimento finalistas MX das Nações – Grupo 1
9h40 às 10h – Aquecimento finalistas MX das Nações – Grupo 2
11h – Bateria B (30 minutos + duas voltas)
13h08 – Final 1 MX das Nações – MX1 + MX2 (30 minutos + duas voltas)
14h38 – Final 2 MX das Nações – MX2 + Open (30 minutos + duas voltas)
16h08 – Final 3 MX das Nações – MX1 + Open (30 min utos + duas voltas)

* a programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

O Team Honda tem apoio da Mobil, Pirelli, Showa, ASW, Polisport, Riffel, Oakley, Orbital, D.I.D., NGK, Master Freios, Pro Taper, Reebok, Griffe Correa, Yoshimura e Mega Energy.