Granado faturou a Moto2 no Europeu e aguarda o mundial da categoria. Boa sorte!

Granado voa e fatura título no SuperBike Brasil

Definitivamente, 2017 ficará marcado na memória de Eric Granado. Depois de assinar seu contrato ao Mundial de Motovelocidade (categoria Moto2) e após se tornar o primeiro brasileiro campeão do Europeu de Motovelocidade Moto2, o piloto de 21 anos conquistou o título na categoria principal do SuperBike Brasil. Com sua CBR 1000RR, o piloto do time oficial Honda Racing deixou para trás concorrentes talentos e experientes, como Alex Barros (Híbridos Club Alex Barros Racing), que obteve a prata na temporada – um segundo lugar com gosto de vitória para um piloto de 47 anos e que estava afastado das pistas há dez anos.

Com camiseta especial para a ocasião, Eric Granado sobre ao pódio comemorando o título no SuperBike Brasil. Piloto vive momento especial em sua carreira

Com camiseta especial para a ocasião, Eric Granado sobre ao pódio comemorando o título no SuperBike Brasil. Piloto vive momento especial em sua carreira

A etapa final ocorreu neste domingo, 26, em Interlagos. Granado entrou na pista com vantagem e, para superá-lo, o segundo colocado Barros teria de vencer as duas provas e ainda contar com alguma falha de Eric, o que não ocorreu. Nas duas corridas que compuseram a etapa final, Alex fez grande largada, saltou à frente do pelotão e usou toda sua experiência para impedir a passagem dos demais, resistindo às investidas de Granado habilidosamente, liderando a prova por cerca de seis voltas. Após, Granado fez boa ultrapassagem na reta principal, tomando a ponta e abrindo certa distância volta a volta, desenhando uma vitória incontestável. A briga seguia, então, pelo segundo lugar, onde Alex Barros continha o habilidoso uruguaio Maximiliano Gerardo (convidado especial para esta etapa) até acabar cedendo à ultrapassagem, em meados da décima volta. Curiosamente, as duas etapas tiveram este desfecho, com Eric em primeiro, Gerardo em segundo e Alex Barros em terceiro.

Nas duas corridas, Alex Barros largou na frente e usou sua experiência para segurar os outros pilotos, resistindo por muitas voltas. Vovô Barros conquistou o segundo lugar na temporada, mostrando fôlego aos 47 anos

Nas duas corridas, Alex Barros largou na frente e usou sua experiência para segurar os outros pilotos, resistindo por muitas voltas. Vovô Barros conquistou o segundo lugar na temporada, mostrando fôlego aos 47 anos

“A temperatura do asfalto estava alta e o grip (aderência) foi baixando. A estratégia foi guardar pneu para o final e isso me deu tranquilidade”, contou Granado sobre a estratégia que o levou à vitória, enquanto comemorava nos boxes com a equipe. O piloto recebeu o carinho da equipe e da família ainda na pista, e com camiseta comemorativa de campeão do Superbike deu uma volta pelo traçado acenando para os fãs nas arquibancadas. Na reta dos boxes, agradeceu o apoio da torcida, e em seguida deixou a moto nos boxes e subiu no muro para comemorar.

Uma cena para repetir

Uma cena para repetir

Público compareceu em grande número em Interlagos. Fazemos votos para que a motovelocidade nacional lote autódromos

Granado e Barros

Granado e Barros

Rivalidade só dentro das pistas. Granado e Barros, símbolos de duas gerações do esporte, se divertem no pódio

Campeão Europeu e brasileiro

Campeão Europeu e brasileiro

Granado faturou a Moto2 no Europeu e aguarda o mundial da categoria. Boa sorte!

Já o “Vovô Barros”,  muito aplaudido pela torcida após o fim das duas corridas, afirmou que faturar o título seria um grande desafio. “Tentamos fazer o máximo, mas não deu. Tecnicamente precisamos melhorar algumas coisas. E até tivemos algumas melhoras nessa etapa, mas o concorrente também veio melhor. Foi uma final muito bonita, disputada e o público prestigiou. O Eric com certeza mereceu, pois andou muito bem o ano todo e está em um ótimo momento. O Maximiliano fez duas ótimas provas e andou muito bem, também. Fico feliz que tenha sangue novo na categoria. Isso é bom para o esporte”, comentou.

Classificação final da temporada – após oito etapas (Top-10)

Categoria SBK Pro

1) 151-Eric Granado, 239 pontos
2) 4-Alex Barros, 202
3) 68-Diego Faustino, 145
4) 15-Wesley Gutierrez, 143
5) 84-Diego Pierluigi, 131
6) 51-José Luiz Cachorrão, 98
7) 17-Danilo Lewis, 87
8) 12-Davi Lara Costa, 71
9) 71-Joelsu Mitiko, 55
10) 41-Massao Nishimoto, 38

Separador_motos

Fonte: FGCom; Vipcomm



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.