Idec apóia movimento pela proibição da propaganda de álcool

Foi lan‡ada na sede do Conselho Regional de Medicina do Estado de SÆo Paulo/Cremesp, mobiliza‡Æo nacional e manifesto pela proibi‡Æo da propaganda de bebidas alco¢licas; o Idec ‚ um dos subscritores do movimento.

O movimento, denominado “Beba Cidadania” ‚ liderado pelo Cremesp e pela Uniad- Unidade de Pesquisa em µlcool e Drogas, da Universidade Federal de SÆo Paulo- EPM/UNIFESP e conta com a participa‡Æo de entidades de defesa do consumidor, Igrejas, Universidades, Ma‡onaria, servi‡os de sa£de, entidades m‚dicas, conselhos profissionais, sindicatos, ONGs que trabalham com dependˆncia qu¡mica, grupos de apoio e auto-ajuda, entidades de defesa de portadores de patologias.

Antes mesmo de ser lan‡ado, o manifesto j  foi assinado por cerca de 180 entidades, que reivindicam a aprova‡Æo de legisla‡Æo para limitar a publicidade de  lcool nos meios de comunica‡Æo e em eventos esportivos, culturais e sociais, semelhante … legisla‡Æo atual que restringe as propagandas de cigarro. As entidades criticam, no documento, a omissÆo governamental e a ausˆncia de pol¡ticas p£blicas de preven‡Æo e controle do consumo do  lcool no Brasil.

Nos pr¢ximos dias ser  iniciada campanha para adesÆo de entidades ao manifesto e coleta de um milhÆo de assinaturas por meio de abaixo-assinado, para exigir a aprova‡Æo de lei pelo Congresso Nacional; ser  disponibilizado um site na Internet, al‚m de formul rios pr¢prios, cartazes e material de divulga‡Æo. Al‚m da restri‡Æo da propaganda, principal foco da campanha, o movimento “Beba Cidadania” defende aumento do pre‡o e taxa‡Æo das bebidas alco¢licas, destinando os recursos arrecadados para preven‡Æo e tratamento de dependentes, fiscaliza‡Æo e aplica‡Æo do Estatuto da Crian‡a e do Adolescente/ECA, uma vez que a venda de bebidas alco¢licas para menores ‚ crime que nÆo tem recebido puni‡Æo, e controle rigoroso dos motoristas alcoolizados, de acordo com o C¢digo Brasileiro de Trƒnsito.

No texto do manifesto, as entidades alertam que o consumo de  lcool ‚ hoje um dos mais graves problemas de sa£de e seguran‡a p£blica do Brasil, sendo respons vel por mais de 10% de todos os casos de adoecimento e morte no pa¡s e provoca 60% dos acidentes de trƒnsito.  detectado em 70 % dos laudos cadav‚ricos de mortes violentas; transforma 18 milhäes de brasileiros em dependentes; leva 65% dos estudantes de 1§ e 2 § grau … ingestÆo precoce e est  ligado ao abandono de crian‡as, aos homic¡dios, delinqˆncia, violˆncia dom‚stica, abusos sexuais, acidentes, mortes prematuras. Causa intoxica‡äes agudas, coma alco¢lico, cirrose hep tica, cƒncer em v rios ¢rgÆos, hipertensÆo arterial, doen‡as do cora‡Æo, acidente vascular cerebral, m  forma‡Æo do feto, doen‡as sexualmente transmiss¡veis, Aids e gravidez indesejada; impäe interna‡äes psiqui tricas, faltas no trabalho e a diminui‡Æo da qualidade de vida dos usu rios e de seus familiares.

Informa‡äes e apoio nos telefones 11-3017-9352 e 11-3017-9393, e-mail: manifesto@cremesp.org.br