Indústria de Motocicletas fecha em alta o primeiro trimestre do ano

Indústria de Motocicletas fecha em alta o primeiro trimestre do ano

Indústria de Motocicletas fecha em alta o primeiro trimestre do ano

Produ‡Æo cresce 22%, as vendas no mercado interno continuam em alta e as exporta‡äes recuam no £ltimo mˆs, j  sinalizando tendˆncia para o ano.

A expectativa de crescimento da produ‡Æo e de vendas no mercado interno do setor de ve¡culos duas rodas para este ano j  se concretizou no primeiro trimestre, de acordo com as estat¡sticas da Abraciclo, Associa‡Æo Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

Durante o primeiro trimestre de 2006, o setor produziu 342,5 mil motocicletas, contra 280.693 unidades produzidas no mesmo per¡odo do ano passado, o que representa aumento de 22% do volume de produ‡Æo. Se comparadas a produ‡Æo apenas dos meses de mar‡o e fevereiro deste ano, o aumento foi ainda maior, chegando a 23,3%. No £ltimo mˆs, 132,66 mil motocicletas foram produzidas, contra pouco mais de 107 mil unidades do mˆs anterior.

No mercado interno, durante o primeiro trimestre deste ano foram vendidas 304.204 motocicletas, contra 228.207 unidades comercializadas no mesmo per¡odo de 2005. Isto representa aumento de 33,3% das vendas do trimestre entre os dois anos. S¢ no £ltimo mˆs, foram vendidas 115.568 motocicletas. Se comparado com as vendas do mˆs de fevereiro de 2006 em que foram comercializadas 101.564 unidades, o incremento foi de 13,8%.

“Os resultados positivos do mercado interno nacional confirmam a absor‡Æo da cultura da motocicleta como meio de transporte eficiente nos grandes centros urbanos e inclusive em outras regiäes, independentemente da finalidade de utiliza‡Æo adotada por seus condutores, confirmando as previsäes de crescimento setorial feita para 2006″, disse Paulo Shuiti Takeuchi, Presidente da Abraciclo.

As exporta‡äes ca¡ram no £ltimo mˆs, quando comparadas com a quantidade de motocicletas exportadas em fevereiro de 2006. Em mar‡o deste ano, 16.760 motocicletas foram destinadas ao mercado externo, n£mero 4,9% inferior ao £ltimo mˆs quando 17.589 unidades foram exportadas.

O volume de exporta‡äes do primeiro trimestre foi superior a idˆntico per¡odo de 2005. De janeiro a mar‡o de 2006, 47.737 motocicletas foram exportadas, contra 42.944 unidades vendidas ao mercado externo no mesmo per¡odo do ano passado. Mesmo assim, de acordo com as perspectivas da Abraciclo, as exporta‡äes devem registrar queda de 6% neste ano.