Japoneses de olho no PIM

Os japoneses querem ampliar seus neg¢cios no PIM- P¢lo Industrial de Manaus.

Os dirigentes do Japan Bank for Internacional Cooperation, Taketoshi Aikawa, Keiko Hamata e Masayuki Hamamatsu, mantiveram, na quinta-feira, dia 26, encontro de trabalho com a superintendente da Suframa, Fl via Grosso, em busca de informa‡äes sobre as oportunidades de neg¢cios existentes, tanto no P¢lo Industrial de Manaus, quanto nos demais Estados que compäem a  rea de atua‡Æo da Suframa.

A vinda dos empres rios a Manaus foi motivada pelo ministro Fernando Furlan que durante recente visita ao JapÆo chamou a aten‡Æo dos investidores daquele pa¡s para o grande potencial de neg¢cios existentes no p¢lo industrial e nas demais  reas de abrangˆncia do projeto Zona Franca de Manaus.

“Depois das recomenda‡äes feitas pelo ministro, decidimos vir conhecer detalhadamente o projeto”, afirmou o diretor do banco para Am‚rica do Sul, Taketoshi Aikawa.

No encontro com a superintendente, al‚m das informa‡äes sobre as vantagens tribut rias oferecidas pelo projeto Zona Franca de Manaus, do potencial produtivo da mÆo-de-obra e da evolu‡Æo tecnol¢gica das empresas instaladas no parque industrial, os dirigentes japoneses conheceram os projetos do Centro Tecnol¢gico do P¢lo Industrial de Manaus, o CBA- Centro de Biotecnologia da Amaz“nia e o de coloniza‡Æo em grupo do Distrito Agropecu rio, considerados estrat‚gicos e priorit rios pela superintendente Fl via Grosso.

Depois de conhecer os projetos da Suframa, os investidores participaram de reuniÆo e almo‡o na Cƒmara de Com‚rcio Nipo-Brasileira e visitaram as empresas japonesas Moto Honda da Amaz“nia, Panasonic, Musashi. Na sexta-feira, dia 27, os representantes do Japan Bank for International Cooperation conheceram o Porto de Manaus e a  rea da extinta Siderama, onde a Suframa instalar  o Eizof (Entreposto da Zona Franca de Manaus) e … tarde, retornaram ao seu pa¡s.