Foto: José Hélio encara segunda etapa do Rally Dakar 2009

José Hélio supera desafios e faz 15º lugar na terceira etapa do Dakar

Foto: José Hélio encara segunda etapa do Rally Dakar 2009

Foto: José Hélio encara segunda etapa do Rally Dakar 2009

No 12º lugar geral, paulista continua sendo o brasileiro melhor colocado entre as motos

Mais uma vez o brasileiro José Hélio conseguiu bom desempenho na disputa do Rally Dakar. O piloto terminou a terceira etapa, nesta segunda-feira (5), com o 15º lugar entre as motos e conseguiu alcançar a 12ª colocação na classificação geral. Esta fase foi marcada pelo excesso de poeira e considerada a mais difícil até aqui. Líder do campeonato, o espanhol Marc Coma, repetiu a vitória obtida na primeira etapa e se distanciou um pouco mais dos outros competidores. Já outro importante adversário de José Hélio, o francês Cyril Despres, teve novamente problemas com os pneus e acabou em 47º.

Apesar do grau de dificuldade, esta pode ter sido a melhor prova de José Hélio no Rally Dakar. O tetracampeão do Rally dos Sertões foi o nono a largar e rapidamente alcançou a quinta colocação. O brasileiro chegou a ocupar o terceiro lugar, mas perdeu espaço para os adversários e repetiu o desempenho do primeiro dia de provas, com a 15ª posição.

O trecho percorrido hoje foi entre as cidades argentinas de Puerto Madryn e Jacobacci. Na estrada da Patagônia, os competidores encontraram pela frente muitas curvas e poeira excessiva que deixou os competidores praticamente sem visibilidade, aumentou os riscos e tensão na prova, o que valoriza ainda mais os bons resultados do brasileiro. A especial contou com 616 quilômetros, de um total de 694 km da etapa total.

Amanhã, as dificuldades tendem a aumentar. A quarta etapa será disputada entre as cidades de Jacobacci e Neuquén, ainda na Argentina, e contará com 488 quilômetros, sendo 459 km de especiais. É uma fase em que a atenção será fundamental. O caminho terá uma grande quantidade de pedras e exigirá força dos pilotos.

A primeira participação de José Hélio no Rally Dakar tem sido positiva até o momento. O brasileiro que utiliza a motocicleta Honda CRF 450X terminou a prova desta segunda-feira com 29min7s de diferença do primeiro colocado Marc Coma. José Hélio conta com o patrocínio da Honda do Brasil, ASW e Flash Power disputará a categoria 450 Extreme.

Programação – Rally Dakar 2009
4ª etapa – terça-feira – 6 de janeiro 2009
Jacobacci / Neuquén

Desloc amento 4 km / especial 459 km / deslocamento 25 km – total: 488 km
No começo desta etapa, os trechos de pedra vão exigir muito dos braços dos motociclistas. As primeiras porções de areia e os vários trechos fora da pista encantarão os amadores. É preciso cuidado, pois o erros podem começar a custar caro. Os favoritos podem começar a aparecer.

5ª etapa – quarta-feira – 7 de janeiro 2009
Neuquén / San Rafael
Deslocamento 173 km / especial 506 km / deslocamento 84 km – total: 763 km
O teste mais importante da primeira semana, talvez será o caminho para San Rafael. A grande quilometragem obrigará os competidores a manter um nível de concentração constante. Os pilotos também estarão confrontados a verdadeiros trechos de dunas. Grandes trechos fora da pista vão se alternar com partes muito mais técnicas, na subida dos rios. A Cordilhe ira ocupa o horizonte.

6ª etapa – quinta-feira – 8 de janeiro 2009
San Rafael / Mendoza
Deslocamento 76 km / especial 395 km / deslocamento: 154 km
O programa do dia está repleto de obstáculos, já que no começo da especial terão que passar por cerca de 60 quilômetros de dunas. O traçado é propício à velocidade na segunda parte. Ao chegar a Mendoza, o rali entra no maciço andino.