Kawasaki se consolida no Brasil

Terceiro ano de atividades representa fase de maturação para a Kawasaki Motores do Brasil.

Reconhecida mundialmente como uma marca premium, a Kawasaki vem quebrando um paradigma no mercado brasileiro, oferecendo modelos de alta qualidade para um público exigente e bem informado, mas que tinha pouco acesso a produtos sofisticados e tecnologicamente avançados, até então disponíveis somente na Europa ou na América do Norte.

Muitas conquistas já foram alcançadas desde a fundação da Kawasaki Motores do Brasil (KMB) em 15 de outubro de 2008. No seu terceiro ano de atividades no País, serão ampliadas as atividades da primeira fábrica própria do grupo Kawasaki Heavy Industries em território latino-americano, inaugurada no dia 7 de outubro de 2009 no Distrito Industrial de Manaus.

A atual linha de produtos da Kawasaki no Brasil inclui modelos importados como as superesportivas Ninja (ZX-6R, ZX-10R e ZX-14), a streetfighter Z1000, a polivalente Versys, a supermotard D-Tracker X e as off-road de competição das séries KX e KLX. Os modelos de maior volume já são produzidos nas linhas de montagem da fábrica brasileira: as naked Z750 e ER-6n; as esportivas Ninja (nas versões 250R e 650R) e as estradeiras Vulcan 900 (nas versões Classic, Custom e Classic LT).

O rigor nos processos industriais e no controle da qualidade são características essenciais da Kawasaki. Afinal, além de produtos de consumo como motocicletas, jetski® e quadriciclos, a Kawasaki também atua nas indústrias naval, ferroviária, aeroespacial, robótica, siderúrgica, energética e outras.

As tecnologias desenvolvidas pela Kawasaki, ao longo de mais de um século, são aplicadas também na planta industrial de Manaus, onde até os robôs são de fabricação própria, garantindo nas linhas de montagem brasileiras a mesma qualidade que se espera dos produtos Kawasaki produzidos no Japão, Estados Unidos, Tailândia e em outros países.

A rede de concessionárias autorizadas, que já conta com mais de 45 lojas em todo País, continua em expansão, seguindo a meta de alcançar as principais cidades brasileiras. As vendas crescem em ritmo acelerado, superando todas as expectativas. Segundo dados da FENABRAVE, os licenciamentos de motocicletas Kawasaki saltaram de 2.277 unidades 2009 para 9.044 unidades em 2010, representando um crescimento anual de 397%.

Ao final de 2010, o market share da Kawasaki atingiu 0,5 % do mercado brasileiro total. Já no segmento de médias e altas cilindradas (acima de 200 cc), foco da atuação da Kawasaki, a participação da marca já ultrapassa os 11%.

Passada a árdua fase de introdução da linha de produtos e de implantação da rede de distribuição, a operação da Kawasaki Motores do Brasil evolui para uma fase de maturação. O papel da fábrica de Manaus será ampliado, com a nacionalização de novos modelos, mantendo a alta qualidade que caracteriza os produtos da Kawasaki. A rede de concessionárias autorizadas passa também por uma fase de consolidação, com foco na capacitação técnica e operacional para um atendimento de alto nível.

A satisfação dos consumidores continuará sendo o principal foco da Kawasaki Motores do Brasil nessa nova fase, com a intensificação da comunicação institucional, marketing de relacionamento, ações promocionais e esportivas, buscando a formação de uma nova geração de proprietários e aficionados pela marca Kawasaki.