Tecnologia específica aplicada para pneu traseiro de motos Gran Touring

Michelin mostra avanço da tecnologia para pneus de moto

A evolução da tecnologia aplicada na construção de pneus evolui de forma constante. A cada nova geração de carros e motos surgem novos compostos, novo modo de construção, novos desenhos, novas medidas e novas aplicações. Essa evolução tecnológica é uma exigência do mercado, que reflete o nível de exigência dos consumidores.

Tecnologia específica aplicada para pneu traseiro de motos Gran Touring

Tecnologia específica aplicada para pneu traseiro de motos Gran Touring

Nas motos essa tema é muito mais sensível do que nos carros, pois nos pneus está apoiada a integridade física do piloto com muito mais importância do que nos carros, cujos pneus exercem influência evidente na performance, mas com muito menor impacto na vida dos ocupantes do automóvel. Quando se analisa comportamento e desempenho de pneus de carros e motos, leva-se em conta vários fatores: nível de ruído, aderência em curvas, aderência em frenagens, flexibilidade, resistência, capacidade de carga, durabilidade, conforto, além de vários destes fatores citados também em piso levemente molhado ou encharcado.

Claro que a meta da indústria é construir o pneu ideal, que teria a capacidade de se sair bem em todas estas condições. Mas sabemos que isso é impossível. O que a indústria faz é analisar o tipo de usos que os consumidores fazem normalmente com cada tipo de motocicleta – e isso vale para os carros também – e tentar aplicar num determinado pneu as características que atendem melhor as exigências daquele consumidor com aquela moto.

O Michelin Pilot Road4 GT: acordo com a BMW

O Michelin Pilot Road4 GT: acordo com a BMW

A Michelin mostrou recentemente seu novo pneu Pilot Road4, para motos grandes das classes naked, touring e sport-touring. O novo pneu não é específico para este tipo de moto, mas agrega mais capacidade de frenagem e maior aderência em pisos molhados. Ela foi além e dentro do largo espectro de motocicletas que existe, percebeu que as da classe GT – Gran Touring – exigem mais capacidade de carga na traseira, pois normalmente são motos estradeiras e que alcançam altas velocidades. Como os pneus diagonais são mais adequados para carga e os radiais são mais flexíveis e confortáveis, a Michelin criou o Pilot Road4 GT, exclusivamente para as rodas traseiras destas motos da classe GT. Este avanço já possibilitou à empresa acordo de fornecimento para a BMW, que vai utilizar esse pneu em 40% da produção dos modelos da classe GT da marca.

Veja no vídeo como foi pensado e construído este novo pneu e imagine como no futuro não muito distante essa evolução tecnológica pode ser tão específica que poderá atender as mais variadas necessidades de cada tipo de moto para cada tipo de motociclista e em cada tipo de uso.