Michelin traz para o Brasil o Challenge Bibendum

Michelin traz para o Brasil o Challenge Bibendum

Michelin traz para o Brasil o Challenge Bibendum

A 10ª edição do Michelin Challenge Bibendum – evento mundial voltado à mobilidade sustentável – será realizada, pela primeira vez, no continente sul-americano. O Rio de Janeiro (RJ) receberá de 30 de maio a 02 de junho de 2010 representantes da classe política, empresários, dirigentes industriais, pesquisadores e jornalistas do mundo inteiro para debater sobre os desafios da mobilidade rodoviária sustentável.

O Challenge Bibendum é um esforço conjunto dos envolvidos no mundo dos transportes. A proposta é oferecer, aos representantes das classes política e econômica e formadores de opinião, informações objetivas sobre os últimos avanços tecnológicos. Essas inovações permitem uma mobilidade rodoviária sustentável, mais limpa, mais segura e mais eficiente.

Criado pela Michelin em 1998 para comemorar o centenário do Bibendum – o boneco da Michelin, símbolo da marca -, o Challenge Bibendum traz para discussão questões ligadas ao transporte rodoviário, emissões de gases de efeito estufa, segurança rodoviária e poluição urbana. O objetivo é obter o apoio necessário e colocar em prática as possíveis soluções de uma mobilidade rodoviária sustentável.

Esta edição oferecerá uma oportunidade de continuar o debate sobre os desafios enfrentados pelo setor do transporte rodoviário no século XXI. A verdadeira necessidade de renovar o transporte rodoviário, se preparar para um avanço significativo no segmento da mobilidade rodoviária e agir de maneira coerente para enfrentar o desafio de limitar as emissões de CO2 até o ano de 2015 serão os destaques dentre os vários assuntos que serão debatidos nessa edição.

Durante o Challenge Bibendum, diversas atividades ocorrerão simultaneamente. Serão feitos testes técnicos e um rali, que permitirão avaliar o desempenho dos diversos veículos equipados com as novas tecnologias apresentadas. Veículos que atingirem as melhores performances em poluição local, ruído, eficiência de cada combustível e emissões de CO2 (ambiental), aceleração, dirigibilidade e rali (desempenho) serão premiados. Haverá também uma exposição de tecnologia, onde serão apresentadas as inovações associadas à mobilidade sustentável.