Moto Maverick, conta-giros e dormência nas mãos

Apenas a t¡tulo de colabora‡Æo,j  que existe desconhecimento sobre a referida moto, a Maverick ‚ de montagem Argentina, com origem de componentes na China. A empresa comercializa as motos importadas da Argentina, em SÆo Paulo (em duas lojas), e j  pensou em mont -las no Brasil. Os projetos sÆo semelhantes aos modelos antigos das tradicionais marcas mundiais.
Edson M. Oliveira
SÆo Paulo – SP
Edson, obrigado pelas informa‡äes.

Conta-giros e dormˆncia nas mÆos A XT 660R nÆo tem contagiros como isso ‚ poss¡vel, deixar de fora de uma moto moderna o principal instrumento? penso que ‚ mais importante que o veloc¡metro, ‚ simplesmente imposs¡vel identificar pelo ouvido a rota‡Æo com precisÆo o que pode passar do limite seguro de rota‡äes ou nem chegar perto dele o que reduz o desempenho. Esse item ‚ tÆo caro para ser dispensado? At‚ as CGs antigas o tinham, mas nÆo sei pq agora ‚ mais usual as motos virem sem. Minha preferˆncia ‚ pelo anal¢gico, inclusive para o veloc¡metro, permite leituras mais r pidas do instrumento. Sobre a dormˆncia da mÆo direita concordo em parte com o Georges Zouein nÆo penso que o problema seja falta de circula‡Æo. O acelerador tem uma mola, e dependendo do modelo o peso dela varia, o da minha XLX 350 ‚ bem pesado, e isso cria uma necessidade maior de manter pressÆo sobre a mÆo direita, e nÆo ‚ poss¡vel em momento algum soltar a mÆo do guidÆo para dar uma relaxada. Com isso mantemos um contato constante com o guidÆo, pela maior pressÆo devido a mola todas as vibra‡äes do motor sÆo transmitidas para a mÆo e por um excesso de estimula‡Æo neural fica uma sensa‡Æo de vibra‡Æo, semelhante ao que ocorre nos pelos do bra‡o ap¢s uma viagem, onde o vento os super estimulam e depois que vc para os pelos, mant‚m uma sensa‡Æo renitente por algum tempo.
Bernhard Jordan
Campinas, SP
Esse papo do conta-giros ‚ meio polˆmico. Em motos de uso misto sua utiliza‡Æo sempre foi dispensada porque no fora-de-estrada mal d  tempo de olhar para veloc¡metro, muito menos para o conta-giros. Poucas pessoas sabem exatamente para que serve o conta-giros e algumas f bricas adotaram o shift-light por ser eficiente e mais barato. Nas motos esportivas ‚ obrigat¢rio porque o rendimento m ximo ‚ obtido quando o piloto mant‚m o motor sempre entre as faixas de torque e potˆncia m ximas. Para uma pilotagem econ“mica, o ideal ‚ manter o motor em £ltima marcha, com cerca de 1/3 da rota‡Æo de potˆncia m xima. S¢ que em uma moto como a Kawasaki ZX-12 ou Suzuki GSX-R 1000, esta rota‡Æo equivale a algo perto de 140 km/h (sÆo n£meros aproximados) e nossas estradas tˆm limita‡Æo de 120 km/h. De onde se conclui que, ao respeitar o limite de velocidade acabamos gastando mais gascolina e isso tamb‚m se d  nos autom¢veis. Quanto … dormˆncia nas mÆos, vou procurar um m‚dico, porque no meu caso ela aparece mesmo quando estou de bicicleta! Acho que meu problema ‚ de coluna mesmo! Velhice, para ser mais exato!