Alex Rins vence após intensa batalha com o companheiro de equipe Márquez

Moto3™: batalha dos Alex (Rins e Márquez) nas 3 últimas voltas

Apesar de ter necessitado de um exame médico após as fortes contusões contraídas nas duas pernas na queda que sofreu no warm up, Alex Rins (Estrella Galicia 0,0) venceu pela segunda vez consecutiva, fortalecendo sua posição de candidato ao título. Para Alex Márquez foi o sexto pódio do ano e a segunda vez consecutiva que terminou na segunda colocação, isto depois de ter travado intensa luta pela vitória com o companheiro de equipe Rins, faltando três voltas para o final da corrida, terminando a apenas 0,042s de distância.

Alex Rins vence após intensa batalha com o companheiro de equipe Márquez

Alex Rins vence após intensa batalha com o companheiro de equipe Márquez

O líder da temporada, Jack Miller (Red Bull KTM Ajo) retornou ao pódio, mas viu a vantagem na pontuação ser reduzida para nove pontos – para Márquez – quando faltam disputar cinco corridas. O Australiano cruzou a linha de chegada a 3,4s do vencedor Rins. A vantagem de Miller sobre o espanhol, que ocupa o terceiro posto da classificação geral, é agora de 20 pontos.

Isaac Viñales (Calvo Team) ficou a um segundo do pódio, com Enea Bastianini (Junior Team Go&FUN Moto3) terminando muito próximo, em quinto. Brad Binder (Ambrogio Racing), Alexis Masbou (Ongetta-Rivacold), Andrea Migno (Mahindra Racing), Juanfran Guevara (Mapfre Aspar Team Moto3) e Efrén Vázquez (SAXOPRINT RTG) completaram o Top 10.

Matteo Ferrari (San Carlo Team Italia), Karel Hanika (Red Bull KTM Ajo), Nilkas Ajo (Avant Techno Husqvarna Ajo), Gabriel Rodrigo RBA Racing Team) e Scott Deroue (RW Racing GP) caíram e não terminaram a corrida. Miguel Oliveira (Mahindra Racing) chegou a estar em terceiro antes de sofrer queda na Curva 6, a 12 voltas do final. O português ainda voltou à corrida, mas não conseguiu posição melhor que o 22º lugar, atrás do brasileiro Eric Granado (Calvo Team).

Francesco Bagnaia (SKY Racing Team VR46) e Andrea Locatelli (San Carlo Team Italia) tiveram de desistir com problemas técnicos. Nenhum piloto se lesionou com gravidade, se bem que Hanika teve o dedo examinado no centro médico.