Foto: Nova geração do Brasil terá a chance de conviver com os maiores pilotos do mundo M. Zanzani

Mundial de Motocross terá categoria 150cc para auxiliar no desenvolvimento do esporte no país

Foto: Nova geração do Brasil terá a chance de conviver com os maiores pilotos do mundo M. Zanzani

Foto: Nova geração do Brasil terá a chance de conviver com os maiores pilotos do mundo M. Zanzani

Em uma iniciativa inédita, a etapa brasileira do Mundial de Motocross – que acontece em Campo Grande, MS, nos dias 21 e 22 de agosto – dará à nova geração do Brasil a oportunidade de competir no maior evento do mundo. O objetivo é dar aos pilotos que iniciam a sua carreira no Brasil a oportunidade de estar presentes no mesmo ambiente dos melhores pilotos do mundo.

O Troféu Honda 150 será todo organizado pela Honda, um dos principais responsáveis por trazer novamente uma etapa do Mundial de Motocross ao Brasil. A Bracco Internacional, organizadora das categorias MX1 e MX2 cedeu o espaço para que a prova possa acontecer.

“Gostamos muito da iniciativa da Honda de realizar a corrida dentro do evento e de dar a chance para estes novos pilotos de estarem em um ambiente de Mundial. Damos todo o apoio para que eles possam realizar a prova e deixar o espetáculo ainda mais atraente para o público”, comentou Federico Carli, diretor executivo da Bracco Internacional.

Os maiores nomes da modalidade estão confirmados, entre eles Anderson Amaral, da equipe 2B Duracell Racing e Endrews Armstrong. A premiação da competição será superior a R$ 20.000,00 em prêmios e os atletas terão direito ainda a seguro hospitalar e de vida, vagas de estacionamento, inscrição gratuita e espaço nos boxes.

“Desde que o Mundial de Motocross retornou ao Brasil, no ano passado, percebemos que os pilotos do país não estão acostumados a andar nas pistas do nível do Mundial. Por isso, essa iniciativa da Honda é fundamental. Ela dá aos pilotos a oportunidade de ter contato com um circuito de um nível totalmente diferente”, destacou Carli.

Os treinos do Troféu Honda 150cc acontecem no sábado e a prova acontece no domingo. O GP Brasil de Motocross 2010 tem o patrocínio do Governo do Estado do Mato Groso do Sul, Honda, Enersul, Banco Rural, Mormaii, Red Bull, Teka Group, Sidi, KTM, Rebootizer, Cablelettra e Came do Brasil. Realização Bracco Internacional e YouthStream. Supervisão CBM, Federação de Motociclismo do Mato Grosso do Sul e Federação Internacional de Motociclisemo