Foto: Bitenca

Oleo da suspensão HD, Muito pobre – muito calor, Conversa sobre corrente.

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Vou trocar os retentores das bengalas da minha HD Dyna Super Glide ano 98 e não tenho informação sobrequantos ml de óleo devo usar. Já tenho os retentores e o óleo. Se alguém puder me dar essa dica, ficarei muito grato.
Lino, 33, São Paulo, SP

R: Lino, esses são os volumes ou nível de óleo a colocar na sua moto.
Modelo FXDWG 185 mm medido do topo do tubo, bengala comprimida, sem mola. Ou 0,36
litro.
se for com ajuste de compressão e retorno, a FXDFXDL use 170 mm medido da mesma forma ou 0,31 litro óleo recomendado HD Type E fork oil. Bom trabalho,

Bitenca, lendo o artigo sobre injeção eletrônica e entendendo que este sistema não somente injeta combustível, mas gerencia o motor como um todo, surgiu a dúvida quando li o questionamento de um colega Motonliner, intitulada por você como “Pobre por natureza”: Se eu parar no semáforo por longo tempo, com o motor ligado, a central da injeção, percebendo o aumento de temperatura do motor, não iria tornar a mistura mais rica para minimizar este aquecimento?
Jonny, 35, Florianópolis, SC.

R: Pode ser que sim, Jonny. Na verdade se utilizam vários recursos, por exemplo, a antecipação ou retardo da faísca nas diversas situações para evitar detonação, que é a ocorrência da explosão espontânea por excesso de temperatura. Esse tipo de explosão (batida de pino) é prejudicial ao motor porque ocorre em tempo errado e gera excesso de calor. É claro que o enriquecimento da mistura diminui a temperatura e controla a detonação, mas
hoje em dia evita-se esse recurso porque aumenta a emissão de hidrocarbonetos. Mais viável é o controle da temperatura da explosão pelo ponto de ignição e atuação da ventoinha na refrigeração líquida, retirando o excesso de calor do sistema. A presença dos sensores ligados na central permite esse tipo de ajuste em tempo real.
Repare que nas motos carburadas, que atendem ao Promot 2, e não contam com esse dispositivo têm tendência a bater pinos em subidas longas, quando forçadas. Isso já era conseqüência desse ajuste “pobre” da mistura, para passar nos testes de emissão. Abraços,

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Mensagem:Bitenca, estou querendo comprar uma corrente com retentor que vi na net. A especificação é 520×114. Oque quer dizer isso?
Ela serve na minha Lander 2007 sem problemas de rendimento? Outra pergunta: dá pra trocar a coroa e o pinhão mantendo a mesma corrente por mais tempo? Abraços Jefferson, 36, Cuiabá MT.

R: Jefferson, essa especificação diz respeito às medidas da corrente. 520 se refere à largura e passo e o 114 se refere ao número de elos. A corrente original é 425 mas é bastante usada também a 520, pois é mais resistente. A coroa e pinhão devem ser trocados sempre em conjunto com a corrente. Abraços,

Certo Bitenca! Mas, o que é passo e quantos elos tem a corrente de 425? dá pra encurtar se for o caso. Todo mundo diz que tem que trocar em conjunto, e se eu trocar a coroa e o pinhão, o que acontece, mesmo a corrente estando boa.

Jefisson, o passo é a distância entre os pinos da corrente e o comprimento total é dado pelo número de elos (114). O número isolado (425) identifica apenas o tipo de corrente, não o seu comprimento total que é dado pelo número de elos.
O que acontece em relação ao desgaste é que as três peças se deterioram em conjunto. O alongamento é natural da corrente conforme ela vai se desgastando e isso faz com que os dentes da coroa e pinhão se deformem, acompanhando o alongamento do passo da corrente. O motociclista vai esticando a corrente até um ponto em que se determina seguro para o esforço que a moto faz, por isso é que há um espaço definido para ajustar a corrente, além desse espaço recomenda-se a troca do conjunto todo. Nunca corte a corrente para continuar esticando uma vez que sua resistência à tração ficará cada vez mais baixa por causa do desgaste dos pinos e fatalmente se partirá, com conseqüências graves. Ou seja; se a corrente chegou ao limite da regulagem da moto, ela deve ser trocada assim como os outros dois componentes, não há alternativa. abraços,