Foto: Lucas Amaral Piretti (105 pts)

Paraúna fechou o Goiano de motocross 2010

Foto: Lucas Amaral Piretti (105 pts)

Foto: Lucas Amaral Piretti (105 pts)

Final de festa, com a realização da 8ª e ultima etapa do Campeonato Goiano de Motocross 2009 na hospitaleira cidade de Paraúna, que pela 21ª vez sediou uma prova do estadual, cidade de 15.000 habitantes e que teve um publico espectador na pista da Encosta da Serra de 8.000 pessoas que viram 242 pilotos inscritos em dez categorias decidindo o titulo de melhor da temporada.

No sábado os treinos livres na pista de 1200m, a preferida dos pilotos, que exige muita técnica, porem sem pontos perigosos, com aclives e declives acentuados pode mostrar uma vez mais quem é quem na modalidade.

Ao final dos treinos foram realizadas as três baterias programadas e os vencedores foram:

50cc Infantil – a primeira piloto a ser campeã estadual, Beatriz Braga não deu chances aos adversários sendo seguida por Marcelo Fernandes Silva, Jeferson Freitas Marques, Luiz Felipe Coelho Vale da Rocha e Guilherme Ferreira de Amorim.

Os primeiros do Campeonato foram Beatriz Braga Gomes (120pts), seguida de Luiz Felipe Napoli da Silva (73), João Paulo Pereira Alves (62), Jeferson Freitas (59) e Luiz Felipe Coelho Vale da Rocha (51).

Nacional B – para pilotos estreantes e novatos largou com 30 pilotos, que teve bons duelos desde o inicio e apresentou a vitória de Lucas Amaral Piretti, seguido por Régio Antonio da Costa Filho, Marcilon Costa Filho, Rômulo Henrique Silveira Adorno e Robson Carrijo Vilela.

No Campeonato os melhores foram: Lucas Amaral Piretti (105 pts), Marcilon Costa Filho (84), Rômulo Henrique Silveira Adorno (72), Régio Antonio Costa Filho (52) e Marcus Vinicius Rodrigues Mariano ( 39).

65cc – os vencedores foram Kioman de Jesus Navarro Munõz, de volta ás pistas depois de recuperação de uma fratura não mão, seguido de Matheus Klysman de Oliveira Lima, Vinicio Raposo de Oliveira Ribeiro, Vinicius Ferreira de Amorim e Ayrton Jose Bianchi Junior.

No Campeonato os primeiros foram, Vinicius Raposo de Oliveira Ribeiro (84), Vinicius Ferreira de Amorim (84), que empataram em pontos e o critério de desempate foi conforme o Regulamento por numero de vitorias, favorecendo Vinicius Raposo, vindo depois João Victor Rodrigues Caixeta (81) que caiu durante a prova e fraturou a clavícula e com isto perdendo o campeonato que liderava, o quarto foi Matheus Klysman de Oliveira Lima (76) e Kioman de Jesus Navarro Munõz 47).

No domingo, após um ótimo café da manhã oferecido pelos organizadores aos pilotos e equipes e a abertura oficial, os pilotos, autoridades e publico se preparavam para as ultimas baterias de um Campeonato de muita emoção e técnica.

MX2 – com 18 inscritos, mostrou a vitoria de Wellington Garcia Matos, deixando em segundo seu companheiro de equipe Everaldo Rodrigues Lima Filho, seguidos de Deni Marques de Abreu Filho que sofreu duas quedas sem conseqüências, Wolney Ferreira de Lima, Claudner Coelho da Rocha, Pedro Claudio de Azevedo Rehn, Adão Ataides de Freitas Neto, Jose Batista da Silva Neto, Marcelo dos Santos Barella e Marcio Pereira Cardoso.

O campeão da MX2 Foi Claudner Coelho da Rocha (90pts), em segundo Deni Marques de Abreu Filho (78), seguidos de Wellington Garcia Matos (76), Wolney Ferreira de Lima (61) e Everaldo Rodrigues Lima Filho (58), fechando os cinco primeiros.

Antes de cada largada de cada categoria os pilotos dão uma volta de forma mais lenta para reconhecimento da pista, na bateria das 85cc o piloto Jonathan Figueiredo de Freitas ao final desta volta se acidentou de forma violenta e ficando desacordado, sendo prontamente atendido na pista pela equipe medica dos Bombeiros e Prefeitura, foi levado para o hospital e posteriormente removido para Goiânia pois seu estado inspirava maiores cuidados, após internação em hospital especializado vem reagindo bem ao tratamento e logo estará de volta.

85cc – Após o susto do acidente, as 85cc largaram com Lucas Fernando Bottcher Frazão e Gustavo Alves Santos Borges disputando a primeira posição acirradamente, ao final Lucas venceu seguido de Gustavo, Régio Antonio da Costa Filho, Paulo Victor Cunha Guimarães e Victor Garcia Silva fechando os cinco primeiros.

Lucas Fernando Bottcher Frazão (126) levou o Campeonato 2010 das 85cc, o vice ficou com Jonathan Figueiredo de Freitas (66), em terceiro Marcos Guilherme de Lima (59), Gustavo Alves Santos Borges (52) e João Alves de Araujo Filho (46) vieram a seguir.

MX 3 – Em seguida, com 28 inscritos veio a MX3, para pilotos acima de 35 anos e a vitória coube a Adilson Luiz Araújo, seguido de Alexandre Vaz da Costa, Eli Américo de Paula, Marcelo dos Santos Barella e Luiz Fernando Nunes de Oliveira.

O Campeão 2010 da MX3 é novamente Adílson Luiz Araújo (112), o vice Alexandre Vaz da Costa (76), Marcelo dos Santos Barella (70), Risaldo Caetano do Carmo (36) e Eli Américo de Paula (34).

Intermediaria – após boas disputas a vitoria ficou com Pedro Claudio de Azevedo Rehn, seguido de Luiz Henrique Nunes de Oliveira, Raphael da Silva Matos, Victor Barto Gontijo Silva e Adriano Soares.

Na disputa pelo titulo, quem chegasse na frente seria o campeão e Luiz Henrique Nunes de Oliveira (89 pts) levou a melhor e Raphael da Silva Matos (82) é o vice, seguidos de Pedro Claudio de Azevedo Rehn (53) Jose Ferreira Borges Neto (42) e Leandro Freitas Oliveira (38).

Nacional 230 Pró – com pilotos mais experientes e preparação limitada teve a vitória de Deni Marques Abreu Filho, seguido de Everaldo Rodrigues Lima Filho, Wolney Ferreira de Lima, Claudner Coelho da Rocha e Robson Carrijo Vilela.

O campeão de 2010 é Claudner Coelho da Rocha(83), o vice é Deni Marques Abreu Filho (72), seguidos de Wolney Ferreira de Lima (72), Marcelo Pires Paiva (63) e Everaldo Rodrigues Lima Filho (59). O campeão da 230 Pró receberá um kit de motor da Skatena Performance.

Estreantes – teve uma disputa acirrada desde o inicio e a vitória ficou com Lucas do Amaral Piretti, seguido de Pedro Claudio de Oliveira Rhen, Victor Barto Gontijo Silva, Adriano Soares e Anderson Lopes Ribeiro.

Os campeões de 2010 são Lucas do Amaral Piretti (96 pts), Marcos Guilherme de Lima (64), João Roberto Cruz e Castro (51), Marcus Vinicius Rodrigues Mariano (35) e Rômulo Henrique Silveira Adorno (27).

MXFL / Força Livre – E fechando a 8ª etapa, a MXFL (Força Livre) com 15 pilotos com motos da MX1 e MX2, onde desde a largada Wellington Garcia Matos liderou, vencendo a bateria com Deni Marques de Abreu Filho em segundo, seguidos de Everaldo Rodrigues Lima Filho, Claudner Coelho da Rocha, Wolney Ferreira de Lima, Adilson Luiz Araujo, Adão Ataides Freitas Neto, Marcelo dos Santos Barella, Jose Almeidino Rocha da Silva e Alexandre Vaz da Costa.

Na MXFL o campeão 2010 é Claudner Coelho da Rocha (96), o vice é Deni Marques de Abreu Filho (79), seguidos de Wellington Garcia Matos (78), Wolney Ferreira de Lima (53) e Everaldo Rodrigues Lima Filho (44).

A prova com realização da Prefeitura Municipal, supervisão da Federação de Motociclismo de Goiás e organização do Moto Clube GP, teve o apoio de Motobel-Honda, Mobil, Vulcano Energy Drink, IMS, Navesa Veículos, Tropical Tendas, Skatena Performance, Vidraçaria Morais, Luzitana Supermercado e Eletro, Rapozão Racing, Di Paz Calçados, Moto Livre, Fink Sistemas Automotivos e Agel/Proesporte/Governo de Goiás.