Foto: Prest¡gio do p£blico

Paraúna fez a festa da final de Motocross Goiano

Foto: Prest¡gio do p£blico

Foto: Prest¡gio do p£blico

Final de festa, com a realiza‡Æo da 8¦ e ultima etapa do Campeonato Goiano de Motocross 2006 na hospitaleira cidade de Para£na, que pelo 18§ ano consecutivo sediou uma prova do estadual, cidade de 12mil habitantes e que teve um publico espectador na pista da Encosta da Serra de 10mil pessoas que viram 128 pilotos em nove categorias decidindo o titulo de melhor da temporada.

No s bado os treinos livres, sem acidentes, pois a pista de 1200m, a preferida dos pilotos, t‚cnica, porem sem pontos perigosos, com aclives e declives acentuados pode mostrar uma vez mais quem ‚ quem na modalidade. · noite, a tradicional festa da garota Motocross tamb‚m agitou a cidade.

No domingo ap¢s o warm-up a abertura oficial com hino nacional, pilotos autoridades e publico anunciavam provas de muita emo‡Æo e t‚cnica.

A primeira bateria de MX1 e MX2 de 20m + 2v, com largada em conjunto e classifica‡Æo separada, mostrou que Welington Garcia, Goiano de destaque nacional, mesmo chegando de uma longa viagem pois disputou na noite anterior a final do Arena Cross em SP, venceu a MX1 depois de boa disputa perante Vatutin Maia e Deni “Tuka” Marques Filho (MX2) dispostos a impedir mais uma vit¢ria no Goiano, venceu Welington Garcia seguido de Vatutin e o campeÆo de 2006 Adilson “Maguila” Ara£jo. Na MX2 venceu o campeÆo de 2006 “Tuka” seguido de Kurt Rudolf Feichtenberger e Claudner Coelho.

Foto: CampeÆo 65cc - Raphael Matos

Foto: CampeÆo 65cc - Raphael Matos

Em seguida para 12m + 2v largaram as 65cc, onde o campeÆo de 2006 e l¡der da prova Raphael Matos caiu e tentou buscar o surpreendente Gustavo Borges que agentou a pressÆo de Raphael Matos e obteve a primeira vit¢ria na categoria, seguidos de Lucas Boettcher FrazÆo.

A Nacional B para pilotos estreantes e novatos largou para 15m + 2v com gate cheio e que teve ap¢s bons duelos a primeira vit¢ria de JoÆo Roberto Cruz, seguido de Rodolfo Diego e o campeÆo da categoria Ailton Antonio da Silva.

Em seguida vieram os Estreantes em 15m + 2v e a vit¢ria coube ao campeÆo Bruno Airton Leles seguido de Diogo Alves e P£blio Moraes.

A Nacional A para pilotos mais experientes teve a vit¢ria de Adeilson Antonio, campeÆo de 2006, seguido de Mariano Aparecido e N‚lio Barbosa, com bateria de 15m + 2v.

As 85cc largaram para 15m + 2v, com Everaldo Rodrigues Filho campeÆo Paulista de 2006 vencendo, sem marcar pontos pois nÆo ‚ filiado a GO, seguido do campeÆo Goiano de 2006 Richard Cardoso e Weverton Arantes.

A Mini Infantil de 50cc A e B largaram em conjunto para 7m + 1v, com a vit¢ria na A de Vinicius Santos, seguido de Hyago Batista e do campeÆo de 2006 com problemas na moto Marcos Vinicius Macedo, na Infantil B a vit¢ria foi de Pedro Boechat campeÆo de 2006, seguido de JoÆo Victor Amador e Reidson Miranda.

E finalmente a segunda bateria da MX1 e MX2, com Welington Garcia liderando desde a largada com Vatutin Maia largando mal e recuperando terreno, tendo que superar Jose Israel Feitosa piloto de Sergipe, Adilson “Maguila” Ara£jo e o Brasiliense Andr‚ Gustavo Ign cio que duelavam pelo segundo lugar da MX1, no final Vatutin foi segundo na MX1 e em terceiro Jose Israel Feitosa. Na MX2 Claudner Coelho liderava desde a largada seguido de Deni Marques Filho e Kurt Rudolf Feichtenberger, quando da ultrapassagem de Deni sobre Claudner aconteceu um choque entre ambos e Deni levou a pior ficando fora da prova, Kurt Rudolf que acompanhava a briga teve um pneu traseiro furado mesmo assim indo at‚ o final, ficando a vit¢ria da bateria com Claudner Coelho, seguido de Kurt Rudolf e do Mato-grossense Rodrigo Citeli. Na soma das baterias da MX1 venceu Welington Garcia, seguido de Vatutin Maia, Adilson Ara£jo, Avenir Vilela Segundo e Andr‚ Gustavo Ign cio. Na MX2 a vit¢ria na soma dos resultados foi de Claudner Coelho, seguido de Kurt Rudolf Feichtenberger, Deni Marques Filho, Rodrigo Citeli e Ivon Eber Gon‡alves.

Nesta etapa e durante toda a temporada nenhum acidente aconteceu de maior gravidade, alem dos normais da modalidade, mostrando que a constru‡Æo das pistas e atendimento medico foram importantes. O apoio das prefeituras foi fundamental, pois o Campeonato foi realizado apenas com a participa‡Æo financeira das mesmas, necessitando o esporte da participa‡Æo de mais empresas que possam contribuir para o crescimento do Motociclismo, nÆo apenas no Motocross, mas tamb‚m nas outras modalidades de duas rodas.

O apoio desta prova foi da Prefeitura Municipal, Tendas e Companhia, Motobel/Honda, Vidra‡aria Morais e Revista Dirt Action.