Antenas corta-pipa: desde 4 de agosto é obrigatória

Profissionais motociclistas devem ter na moto antenas “corta-pipas”

Antenas corta-pipa: agora é obrigatória

A resolução do Contran nº 356, que obriga o uso por motofretistas e mototaxistas do “mata-cachorro” e das antenas “corta-pipas”, entre outras exigências, entrou em vigor no dia 4 de agosto. Por ela, todo profissional mototáxi e motofrete deve se adequar às novas exigências, sob pena de multa e apreensão do veículo.

Existem muitos modelos no mercado e a  Stetsom aperfeiçoou e relançou três modelos de aparadores de linha – também conhecidos como antena corta pipa. As antenas são produzidas em duralumínio com pintura eletrostática, aço inoxidável e latão cromado e funciona como escudo protetor contra as linhas cortantes com cerol (mistura de vidro e cola que se passa na linha com que se empinam pipas). Os três modelos tem 60 cm de altura podem ser fixadas no guidom ou no espelho retrovisor.