Foto: Jean Azevedo acelerou e fez o 5§ melhor tempo do dia

Rally Dakar 2007 – resumo da 9ª etapa

Foto: Jean Azevedo acelerou e fez o 5§ melhor tempo do dia

Foto: Jean Azevedo acelerou e fez o 5§ melhor tempo do dia

Nas motos, Jean continua entre os mais r pidos e crava o quinto melhor tempo do dia. CaminhÆo faz o 8§ tempo da categoria e fica em quinto lugar na classifica‡Æo. Klever e Bampi superam dificuldades e terminam em 21§.

A Equipe Petrobras Lubrax possui um jornalista exclusivo cobrindo todo o Rally Dakar 2007 diretamente da µfrica. Para conferir as not¡cias mais atualizadas a respeito dos brasileiros na prova, clique nos links abaixo. Para ver a listagem completa de not¡cias, visite nosso site oficial: www.parisdakar.com.br

Motos: Jean Azevedo continua entre os mais r pidos do Dakar. Durante a 9¦ etapa, o brasileiro fez o quinto melhor tempo do dia e recuperou mais 10 posi‡äes na classifica‡Æo

Caminhäes: Ve¡culo da Equipe Petrobras Lubrax tem problemas no desempenho, mas consegue marcar o 8§ tempo da categoria e fica em quinto lugar na tabela, ainda com chances de chegar ao p¢dio.

Carros: Ap¢s uma s‚rie d e problemas, Klever e Bampi se recuperam e chegam em 21§ na etapa entre Tichit e N‚ma.

Na classifica‡Æo geral, carros da Volkswagem quebram e Mitsubishi consegue uma virada inacredit vel, assumindo a ponta da tabela

Pr¢xima etapa: Etapa 10: N‚ma – N‚ma
10 km (deslocamento) + 366 (especial) + 24 km (deslocamento)

A princ¡pio, a 10¦ etapa do Dakar 2007 seria disputada entre N‚ma, na Mauritƒnia, e Timbuctu, no Mali (um lugar declarado patrim“nio da humanidade pela Unesco, por causa de suas mesquitas seculares). Por motivos de seguran‡a, por‚m, o pr¢prio Minist‚rio das Rela‡äes Internacionais de Mali recomendou … organiza‡Æo da prova que cancelasse o percurso, por nÆo poder garantir a seguran‡a dos competidores, organizadores e espectadores. A amea‡a sÆo os terroristas da regiÆo, aparentemente ligados … Al-Qaeda (de Osama Bin Laden). Em novembro, o jornal francˆs Lˆ Monde j  noticiara que o servi‡o secreto francˆs alertara a organiza‡Æo do Dakar sobre poss¡veis atentados.

Em 2004, pelos mesmos motivos, a organiza‡Æo do rally tamb‚m cancelou etapas na regiÆo. “J  sofremos v rias amea‡as e, em 1991, um co-piloto de um caminhÆo foi assassinado durante a prova&qu ot;, lembrou Andr‚ Azevedo, piloto do caminhÆo da Equipe Petrobras Lubraz que desde 1988 disputa o Dakar. Com as altera‡äes, a 10¦ etapa tornou-se um trajeto “looping”, que come‡a e acaba em N‚ma. O percurso alterna trechos de terra e areia, para logo depois chegar numa regiÆo de vastas dunas, com trechos de deslocamento bem curtos. Os est gios de n£mero 11 e 12 tamb‚m foram modificados.