Zanol é o atual campeão do Rally dos Sertões

Rally dos Sertões 2014 terá três cidades inéditas

Sete cidades, dois estados e 60% da quilometragem de especiais com muita adrenalina; esse é o resumo da 22ª edição do Rally dos Sertões. A maior competição off road do país que em 2014 cortará dois estados, terá a largada no dia 24 de agosto, do Autódromo Internacional de Goiânia, que está sendo reestruturado, e chegada em Belo Horizonte (MG) no dia 30.

No meio do caminho, mais cinco cidades irão receber a caravana do Sertões. Dessas cinco, três recebem o rali pela primeira vez. A goiana Catalão e as mineiras Paracatu e São Francisco. Completam o percurso, Caldas Novas (GO) e Diamantina (MG), que já receberam o Sertões em outras edições.

Para o diretor técnico da Dunas Race, organizadora da prova, Eduardo Sachs, foi um desafio e uma surpresa muito grande montar a prova da 22ª edição do Sertões. “É um roteiro quase inédito. Das sete etapas, seis nós nunca passamos nem perto das trilhas encontradas. Achamos que seria difícil encontrar boas especiais, mas ficou um roteiro muito bom. Tem tudo que um bom Sertões merece, com vários tipos de desafios e terrenos. O nível de competição e diversão continua alto. Será uma prova que vai agradar amadores e profissionais”, avaliou Sachs, que em julho parte para fazer a conferência do roteiro.

Rally dos Sertões 2014 promete muitas novidades

Rally dos Sertões 2014 promete muitas novidades

Com um total de 2.679 quilômetros da competição em 2014, 1.623 serão de trechos especiais. O que corresponde a aproximadamente 60% do roteiro total. A competição será dividida em prólogo mais sete etapas. O prólogo será em linha, em estrada de terra, próxima a Goiânia no dia 23 de agosto. No dia seguinte (24), a caravana parte da capital de Goiás para Caldas Novas, o principal polo turístico do estado. No dia 25, os competidores seguem para as cidades estreantes no rali, sendo Catalão o destino final da segunda etapa.

A terceira etapa marca a troca de estados. A prova começa em Catalão, atravessa a divisa e chega ao município de Paracatu, em território mineiro. De Paracatu, a prova parte para São Francisco na quarta etapa. A quinta etapa está prevista como a única maratona do Sertões 2014. Partindo de São Francisco, os competidores não poderão receber manutenção da equipe de apoio quando chegarem à Diamantina. A sexta etapa será a segunda perna da maratona e terá formato de laço, chegando no mesmo local da largada e aí sim as equipes estarão liberadas para fazer manutenção nos veículos.

De Diamantina, a caravana larga para a sétima etapa que tem como destino final a capital mineira Belo Horizonte, que participará do rali pela terceira vez, sendo a primeira vez como a cidade de encerramento. Para fazer todo o levantamento terrestre, Sachs levou os 16 dias. Foram mais de 4 mil quilômetros rodados para poder definir as sete etapas do Rally dos Sertões 2014.

As inscrições para a 22ª edição do Rally dos Sertões seguem abertas até o dia 1º de julho e devem ser feitas exclusivamente pelo site do evento. Para mais informações, o competidor pode entrar em contato com o Departamento de Competições das da Dunas Race pelo telefone (11) 4191-0133.

Veja as distâncias de cada etapa do Sertões 2014:

23/08 – Prólogo – Goiânia (GO)

24/08 – 1ª etapa – Goiânia (GO)/Caldas Novas (GO)
Deslocamento inicial: 40 km
Trecho especial: 155 km
Deslocamento final: 21 km
Total do dia: 216 km

25/08 – 2ª etapa – Caldas Novas (GO)/Catalão (GO)
Deslocamento inicial: 39 km
Trecho especial: 201 km
Deslocamento final: 20 km
Total do dia: 260 km

26/08 – 3ª etapa – Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22 km
Trecho especial: 206 km
Deslocamento final: 132 km
Total do dia: 356 km

27/08 – 4ª etapa – Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135 km
Trecho especial: 364 km
Deslocamento final: 86 km
Total do dia: 585 km

28/08 – 5ª etapa – São Francisco (MG)/Diamantina (MG) – MARATONA
Deslocamento inicial: 223 km
Trecho especial: 413 km
Deslocamento final: 81 km
Total do dia: 718 km

29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 23 km
Trecho especial: 159 km
Deslocamento final: 30 km
Total do dia: 213 km

30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 59 km
Trecho especial: 125 km
Deslocamento final: 146 km
Total do dia: 331 km