Rally dos Sertões - Na liderança das motos, José Hélio acredita que o pior já passou

Rally dos Sertões – Na liderança das motos, José Hélio acredita que o pior já passou

Rally dos Sertões - Na liderança das motos, José Hélio acredita que o pior já passou

Após seis etapas, piloto abre 47min49seg de vantagem na classificação geral e entra na fase final da luta pelo quinto título da competição

José Hélio entra na fase final do Rally Internacional dos Sertões cada vez mais perto do seu quinto título no evento. O piloto abriu ainda mais vantagem na liderança geral das motos com a sua Honda CRF 450X e acredita que o pior já passou. Nesta segunda-feira, José Hélio cumpriu a sexta etapa em segundo lugar, quebrando a seqüência de cinco vitórias consecu tivas na edição 2009 da prova. Mesmo assim, ele soma um total de 25h22min26s de acordo com a contagem extra-oficial – 47min49seg de vantagem sobre Deni do Nascimento, o vice-líder, que possui 26h10min16s. O Sertões 2009 tem 10 etapas no total e termina em Natal (RN) no dia 3 de julho.

O paulista concluiu o trecho cronometrado de hoje em 4h41min25seg, com 2min21seg de diferença para o vencedor do dia, o polonês Jakub Przygonski, que terminou a prova em 4h39min04s. O trecho foi disputado entre as cidades de Luis Eduardo Magalhães e Barra, na Bahia. A etapa contou com 557 quilômetros, entre eles 361 km de trechos cronometrados.

O segundo lugar não tirou a animação do piloto, que afirma que os trechos mais duros ficaram para trás. “Pelas dificuldades que tive, este segundo lugar está ótimo. Acredito que o pior já passou. A partir de amanhã, começ aremos a ter especiais menores e menos cansativas e terei que administrar esta vantagem”, comentou.

A ordem do dia foi poupar equipamentos, já que a etapa era classificada “maratona”, ou seja, qualquer tipo de manutenção não poderá ser feita nas motos até o final da fase seguinte. “Andei um pouco mais devagar, pois precisava pensar no dia de amanhã. A moto está novinha, os pneus também estão excelentes.”

Durante a prova, José Hélio travou uma disputa com o polonês Jakub Przygonsky, que acabou ultrapassando o brasileiro na especial. Jakub permaneceu na frente, porém com apenas 2min11s de vantagem. “Foi um dos dias mais pesados do rali, com muitos trechos de navegação difíceis. Tive problemas com o sinal do satélite, no ponto que eles estavam chamando de labirinto. Naveguei só com a planilha da organização, que estava certinha. Acabou dando tudo certo”, contou.

Próxima etapa – Nesta terça-feira (30), o desafio, que já passou por Goiás, Tocantins e Bahia, chega a Pernambuco, o quarto Estado brasileiro da programação. Ainda restam Ceará e Rio Grande do Norte. A sétima etapa será realizada entre as cidades de Barra (BA) e Petrolina (PE) e contará com 543 quilômetros, sendo 235 de especiais. Até a próxima sexta-feira, os competidores percorrerão 5.056 quilômetros, dos quais 2.605 são de trechos cronometrados. A competição conta com 10 etapas e teve início em Goiânia, na última quarta-feira, com a decisão agendada para a próxima sexta-feira, em Natal (RN).

Programação – Rally dos Sertões 2009
30/06 – 7ª etapa – Barra (BA) – Petrolina (PE)
Total do dia: 543km / Total da especial: 235km

01/07 – 8ª etapa – Petrolina (PE) – Juazeiro do No rte (CE)
Total do dia: 421km / Total da especial: 213km

02/07 – 9ª etapa – Juazeiro do Norte (CE) – Caicó (RN)
Total do dia: 439km / Total da especial: 184km

03/07 – 10ª etapa – Caicó (RN) – Natal (RN)
Total do dia: 350km / Total da especial: 114km